24 de jul. de 2018

Resenha: Deep - Stage Dive #4


Enfim chegamos ao fim dessa série, se bem que não sei se me encontro feliz ou não por isso, pois amei tanto os personagens e suas histórias que me encontro meio nostálgica em escrever para vocês sobre o ultimo volume desses livros. Mas tudo tem que ter um fim então vamos para o nosso. 

Título: Deep
Autor(a): Kylie Scott
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 320
Ano de Publicação: 2017
Gênero: Romance
Nota: 3,5/5
Sinopse: A série mais sexy dos últimos tempos chega ao final... Positivo. Com aquelas duas linhas do teste de gravidez, tudo na vida de Lizzy Rollins, uma simples estudante de Psicologia, estava prestes a mudar para sempre. E tudo por causa de um grande erro em Las Vegas, cometido com Ben Nicholson, o irresistível baixista da banda Stage Dive. E daí que Ben é o único homem que fez Lizzy se sentir completamente segura, adorada e descontrolada de desejo ao mesmo tempo? A universitária sabe que o lindo astro do rock não quer nada além de um pouco de diversão, ainda que ela mesma busque justamente o contrário. Por outro lado, Ben sabe que Lizzy está em zona proibida. Totalmente. Ela é a nova cunhadinha do seu melhor amigo, e pouco importa o quanto a química entre ambos seja fenomenal, não importa o quão sexy e doce ela seja: o baixista não vai tomar nenhuma atitude. No entanto, quando Ben precisa mantê-la longe de problemas na Cidade dos Pecados, ele rapidamente descobre que o que acontece em Vegas nem sempre fica em Vegas. A partir daquele momento,Ben e Lizzy estarão ligados do modo mais profundo que existe... mas será que isso os fará ligar seus corações?
Neste ultimo volume vamos conhecer a historia do Ben e da Lizzy. Ben é baterista da banda e sempre foi o mais reservado dentre todos que nos foi apresentado ele é mais um observador do que ativo. O fato é que quando Ben conhece Lizzy lá no segundo volume da dessa série ele se vê muito atraído por ela e o problema é que ele não quer nada sério e ela é cunhada do baixista e amigo dele. Malcon.  O outro problema é: a atração é correspondida. Sim nossa meiga e engraçada Lizzy também se vê muito atraída por Ben e quer fazer de tudo para conquistar a atenção dele, mas ao fazer isso pode ter sérios problemas. 

Bom, como bem sabemos quem caça acha não é mesmo? Pois bem, de tanto procurar Lizzy acaba conseguindo o que tanto queria com Ben e na verdade consegue até mais, uma coisinha que ela não queria tão cedo em sua vida. Ela está grávida. No auge da vida, focada nos estudos já desistindo de ter algo com sua paixonite descobre que nem tudo que acontece em uma viagem a Las Vegas fica mesmo por lá. E agora ambos se encontram em uma situação que não planejaram que não queriam e que não tem mais volta. 


Bom gente, o principio é o mesmo, aquele clichê que bem conhecemos, o fato que consequências existem e temos que saber como desenvolver com elas. Temos duas pessoas que sentiam uma enorme atração um pelo outro, mas que por conta de terceiros não sedia ao sentimento até que em um determinado momento tudo vai pro ralo e os sentimentos falam mais alto. 

Confesso que peguei essa série inicialmente por conta do lançamento deste livro, eu fiquei encantada com a capa e o enredo de uma resenha que li, meu espanto ao final foi notar que ele não foi um dos meus favoritos, como bem sabem, se estão acompanhando aqui as resenhas dessa série o meu favorito acabou sendo o segundo livro. Não que esse tenha me desagradado longe disso, mas eu achei que as inseguranças de ambos foram trabalhadas de uma maneira um tanto leviana. 

"O que ele fazia com meu coração e com minha mente não podia ser descrito. O modo como ele completava meu coração até ele transbordar me assustava demais."

Ben está assustado com a situação, na verdade qualquer homem que não planeja um filho fica mesmo, e do outro lado temos Lizzy que quer pegar para si toda a responsabilidade com esse se fazer de mártir em vários momentos da leitura e isso me incomodou um pouco, ela simplesmente não dava o espaço que o pai da criança precisava. Ben sempre foi um pouco reservado quanto aos sentimentos e para ele também é tudo novo, mas o que mais gostei é que em momento algum ele foge de suas responsabilidades. Por mais que esteja assustado com tudo ele sabe que tem um dever a cumprir. 

Outra coisa que me incomodou foi o desenrolar, demorou um pouco até que o casal entrasse realmente em sintonia e quando enfim entra vem outras pessoas e destrói tudo com muita facilidade e mais uma vez Lizzy quer se colocar como mártir. Eu entendo perfeitamente o que a autora quis nos apresentar, ela mostrou duas pessoas que sentiam emoções muito fortes uma pela outra mas que não haviam se dado uma chance mas que de uma hora para outra terá um laço vitalício e ai tem que ser construído uma relação, mas ela bem que poderia ter desenrolado um pouco e ter realmente mostrado mais amadurecimento principalmente da parte de Lizzy. 


Fora isso é um livro muito gostoso de ler, eu gostei,  achou somente que poderia ter trabalhado um pouco mais os outros personagens, sei que cada um teve seu livro e sua história mas já que eles se fazem tão presente e se metendo no relacionamento um do outro ela poderia ter nos dado o final de cada um, mas isso é só porque eu amei tanto os outros casais que eu queria mais deles mesmo, é só o meu lado fominha de ser. Kkkk

É isso, espero que tenha gostado, eu finalizou mais uma série amando e recomendando muito cada um dos livros, pois são histórias muito gostosas e relaxantes para se passar o tempo. 

Beijos

12 comentários:

  1. Olá!

    Mesmo com suas ressalvas quanto a esse livro, me interessei bastante. Gosto de histórias clichês, mas ao mesmo tempo tem diferencial e eu nunca li nada com banda, estou pensando seriamente em começar com essa série. Obrigada pela dica, está anotada.

    Beijos
    www.garotasdevorandolivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? É uma sensação boa e ao mesmo tempo ruim terminar uma série da qual gostamos, não é? Gostei bastante da tua resenha; parece ser um livro bem clichê, mas eu gosto, então fiquei curiosa para ler.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem?
    Primeiro quero dizer que as fotos estão lindas.
    Esse não é um tipo de leitura que eu curta muito. Prefiro outros gêneros e suas impressões me fizeram ter certeza que não vou ler o livro mesmo.

    Preferindo leituras mais dramáticas, porém com conteúdo denso e reflexivo.
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Que capa maravilhosa, né? HAHAHAHAHAH deu até calor.
    Bom é um tipo de leitura que não curto fazer, não consegui me sentir atraída pelo enredo. Porém, compreendo a sua insatisfação com "demora" dos acontecimentos. Odeio essa sensação tbm.. =D

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  5. Olá! Desde que li a série Viajando com Rockstars eu ando realmente apaixonada por séries que falem sobre esse mundo da música. Só assim eu já fiquei interessada, junto com um enredo como esse, o interesse aumentou, mesmo eu sabendo que irei me irritar profundamente com a personagem se fazendo de coitada hahaha Dica super anotada!

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Adoro livros que deixam com a sensação de nostalgia, ainda que o livro seja clichê, como mencionou. Ainda que o livro tenha te incomodado em alguns momentos, como o caso do desenrolar do relacionamento do casal, eu quero conhecer a série, então é recomendação anotada.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente, parabéns pelas fotos, ficaram lindas!
    Já tive oportunidade de ler outras resenhas sobre essa série, e na maioria das vezes os comentários são bem positivos. Os clichês nunca me incomodam e fiquei bem curiosa em conhecer o desfecho final do casal e do bebê, porém ando fugindo de séries, o tempo está muito corrido.
    Mesmo assim, anotarei a dica, quem sabe em outro momento.
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  8. Eu estou meio dividida com essa série, tem alguns pontos que eu acredito que me desagradariam, mas você fala tão bem que eu fico curiosa. Esse volume talvez seja mais cansativo para mim, acho que o segundo eu vou gostar mais. Enfim, preciso é ler para conhecer melhor hahaha

    ResponderExcluir
  9. Sabemos bem o que é chegar ao fim de uma série que amamos, fica uma saudade!!! Tenho esta série completa e ainda não a li. Amo as capas desses livros. Em uma série é normal às vezes nos apegarmos mais a um livro que ao outro.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Estou para ler ainda o último livro e que pena que ele não foi um dos seus favoritos. Tenho grandes expectativas para ele e espero gostar! Suas fotos estão maravilhosas e concordo que a série é fantástica haha Adorei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Esse negócio de querer se fazer de mártie.tura do sério! Também não gostei do fato dela não dar espaço ao pai. Apesar disso, é um livro que ainda quero ler.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  12. Oi Karine, sua linda, tudo bem?
    O que eu gosto das séries que têm família, amigos ou nesse caso membros de uma banda, é que eles estão presentes em todos os livros, então, em entendo bem o seu sentimento de querer ver o final para cada um deles. É complicado quando o autor mantém um personagem com o mesmo argumento praticamente todo o livro, quando deveria fazer o mesmo crescer durante a trama. Mas mesmo com esse detalhe, ainda quero muito ler essa série.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir