fabrica 231

Resenha: Eu estou pensando em acabar com tudo

09:00


Título: Eu estou pensando em acabar com tudo
Autor(a):Iain Reid
Editora: Roco - Fábrica321
Páginas: 224
Ano de Publicação: 2017
Gênero: Terror/Suspense
Nota: 4/5
Obs: Livro cedido em parceira com aditora
Sinopse: No romance de estreia do canadense Iain Reid, Jake conduz o carro em que ele e a namorada, que narra a história, vão à fazenda dos pais do rapaz. Durante a longa viagem por estradas desertas e escuras, a garota, atormentada com a perseguição de um homem misterioso que deixa sempre a mesma mensagem de voz em seu telefone, pensa em encerrar o relacionamento com Jake. Mas talvez seja tarde demais. Reid, que tem dois livros de não ficção elogiados pela crítica e contribui para veículos de prestígio como a revista New Yorker, une, numa narrativa profundamente psicológica, tanto referências de terror clássico, quanto elementos de suspenses menos tradicionais, sustentando a trama para além das limitações inerentes ao gênero. Um thriller denso que esconde, em meio ao medo provocado pela sensação de uma tragédia iminente, alegorias sobre a própria vida ser uma tragédia anunciada.

Quero começar a resenha desse livro com uma palavra: confuso. Ainda estou decidindo se é um confuso bom ou ruim, se preparem para ficar com uma baita ressaca literária após tentar entender o que se passa nesse livro.

Percebemos que a personagem principal está numa viagem de carro com seu suposto namorado, e ela diz o tempo todo que está "pensando em acabar com tudo", penso que a maioria das pessoas assim como eu vão pensar que ela está querendo acabar com o namorado. Eles estão indo visitar os pais do suposto parceiro que vivem em uma fazenda bem afastada da cidade grande e lá a história vai se desenrolar.


Primeira coisa:se você cursa psicologia ou tem algum conhecimento nessa área você vai sacar de cara o que é toda a situação do livro. Como eu já não tenho tanta eu demorei um pouquinho, o que tornou a história mais surpreendente mas também mil vezes mais estranha a cada página.

Penso que esse não é um livro em que se consiga fazer uma resenha bem descritiva, pois ele é algo difícil de explicar, ao mesmo tempo que o personagem ta ali falando de filosofia tem aquele toque de suspense, um lado de terror, um lado que me deixou bem confusa algumas vezes.Ele realmente não foi nada do que eu esperava, mas isso foi muito bom porque depois que eu terminei o livro eu senti que essa leitura tinha me enriquecido em muitos aspectos.


Penso que a estória vai ser algo que cada indivíduo, cada mente irá interpretar de um jeito diferente e o legal é isso. Aquele livro para você indicar para seu amigo e dizer "lê aí para a gente discutir é vermos se teremos a mesma opinião", recomendo demais para uma leitura diferenciada e que além de tudo rápida pois terminei o li em apenas duas horas, haha.

Beijos



Você vai gostar de ler também...

12 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Eu gostei muito da sua resenha, e essa edição está bem bonita!
    A premissa me deixou bem curiosa!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Hm, eu não sei se leria esse livro nesse momento. Apesar de a temática ser interessante, estou procurando coisas mais leves para relaxar!

    ResponderExcluir
  3. Está em voga livros com temas pesados como esse. É aqueles que te fazem refletir, te deixam de ressaca e você fica com uma relação de amor e ódio pela obra.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gabis.
    Fiquei intrigada com sua resenha porque não se entendi muito bem a proposta do livro. Estou curiosa, então vou procurar mais informações sobre ele antes de decidir se quero descobrir se esse confuso é bom ou ruim! Rs...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabis! Adorei saber que a estória tem uma pegada psicológica com um pouco de terror e suspense. Amei a sua resenha e fiquei muito surpresa de você ter terminado em duas horas kkk, quanta rapidez! Com certeza, deve ser tão viciante que o leitor não consegue largar até chegar na última página. Estou super curiosa e espero conferir esse livro um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  6. Oieee!
    Oh que bacana esse livro.
    Ainda nao conhecia esse livro e achei mto interessante a proposta.
    Gostei dos pontos que vc falou e acho que vou gostar mto.
    A capa está linda, achei ela simples e ao mesmo tempo chamativa.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gabis
    Acho que as opiniões sobre esse livro são divididas. Não imaginava que fosse assim confuso. Sendo sincera o livro não me atraí muito, agora fiquei menos animada ainda. Mas como citou, nada como ler e tirar as próprias conclusões.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Você tá louca que leu o livro em apenas duas horas? E eu achava que eu lia rápido, kkk
    Achei o livro bem intrigante, mas vou te contar que mesmo não sendo da área de psicologia, eu deduzo rápido as coisas... Não sei como seria com este livro.
    Vou anotar a dica. =)

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  9. Oie, eu vi a sinopse deste livro e fiquei com a mesma sensação do início do seu texto: "confuso. Só não sei ainda se pra bem ou pra mal". Deu pra sentir que é um livro que não aceita dividir a sua atenção com nada, se for pra entender o que se passa. Obrigada por compartilhar a sua experiência conosco. Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Eu achei bem interessante a ideia dos gêmeos e do susto que a personagem leva, mas no geral me remeteu a uma fórmula de livros "hot" que está começando a se repetir...
    Não é a minha praia, mas parabéns pela sua resenha!

    Bjs

    Pipoca com Café

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Parece ser bem confuso mesmo, mas pelo menos você terminou a leitura com um enriquecimento em muitos aspectos.
    Não é muito o meu estilo.
    Beijos
    daya

    ResponderExcluir
  12. Que resenha massa! Digo que também fiquei um pouco confuso com esse livro, mas já quero ler pra tirar a prova, já vou anotar sua dica para uma leitura futura.

    ResponderExcluir

//]]>