Cultura

Filme: Uma Noite de Crime

09:00


Título: Uma Noite de Crime/The Purge
Elenco: Ethan Hawke,Lena Heady,Mark Burkholder
Duração: 1h 26m
Gênero:Suspense,Terror
Classificação:14
Ano de Lançamento: 2013
Nota:4/5
Sínopse:Quando o governo norte-americano constata que suas prisões estão cheias demais para receberem novos detentos, uma nova lei é criada, permitindo todas as atividades ilegais durante 12 horas. Este período, chamado de Noite do Crime, é marcado por milhares de assassinatos, linchamentos e outros atos de violência por todo o país. O intuito, segundo o governo, é permitir que todos os cidadãos libertem seus impulsos violentos, garantindo a paz nos outros dias do ano. Neste contexto vive a família de James Sandin (Ethan Hawke), um vendedor de sistemas de segurança que prospera graças à Noite do Crime. Quando o evento ocorre, no entanto, o filho de James aceita abrigar um homem perseguido por psicopatas. Logo, toda a família está em perigo, seja dentro de sua própria casa, com a presença do desconhecido, seja pelas ameaças vindas dos psicopatas em frente ao imóvel, que prometem entrar e matar a todos.

Olá gente linda, não sei porque depois de anos esse filme começou a bombar por ai e eu li várias críticas sobre ele, algumas falando que ele era horrível e outras elogiando demais, então resolvi assisti-lo logo e tirar minha própria conclusão e como já fiz isso, vim contar ela para vocês. O filme em si eu realmente gostei, mas a ideia em que ele gira ao redor é realmente bem louca e acho que com certeza não iria funcionar se fosse aplicada de verdade na nossa sociedade.

O ano é 2022, e é imposto uma lei em que apenas um dia no ano, todo crime pode ser cometido, seja assassinato, roubo, estupro, você poderá fazer o que você quiser nesse dia e não será punido e o resto o ano respeitará as regras. E aparentemente isso tem funcionado, a violência nos EUA é inexistente, a taxa de desemprego é 1% e todos vivem em paz graças ao expurgo, o dia que o ser humano pode liberar todo o extinto assassino que tem dentro dele e conviver normalmente no restante dos dias.

















James é apoiador do expurgo pois foi isso que o tornou rico, vendendo sistemas de seguranças para os ricos do país ele conseguiu juntar uma fortuna e viver confortavelmente com sua família em um bairro de luxo, mas ele não sabia que ali naquele bairro estava algo para acontecer. No meio da noite do expurgo após ligar seu forte sistema de segurança, um dos seus filhos vê pelas câmeras de segurança um homem pedindo socorro e dizendo que tem pessoas que estão atrás dele para mata-lo, então o menino assustado desarma o sistema de segurança e deixa o desconhecido entrar sem saber se ele realmente está falando a verdade.

Mas esse não é a maior preocupação deles, pois o grupo de sociopatas que estava realmente tentando matar o desconhecido aparece na porta da família e diz que se eles não liberarem o homem para eles terminarem o que começaram, eles irão entrar e matar todos que estão dentro da casa e ai que todo a tensão começa.


Vamos combinar, essa ideia do expurgo é uma grande ideia de jerico, ta na cara que isso não iria funcionar nem aqui nem na China se fosse aplicado na vida real pois nem no filme funcionou.Vemos a mensagem que o filme quis passar pois em uma situação como essa quem estaria desprotegido para ser vítima do expurgo? O pobre, negro, o sem teto, enquanto o branco rico estaria protegido dentro da segurança de sua casa com um sistema de segurança que custa milhões de dólares.

O filme é pura tensão, e a atuação dos personagens que interpretam os sociopatas está tão maravilhosa que me deu medo, para quem gosta desse assunto sabe que o ator passou esse sentimento de sociopatia tão bem que eu fiquei com uma certa impressão que ele na vida real poderia ser um de verdade.Vemos questionamentos no filme o tempo todo como o fato de podermos confiar em quem se dizer nossos amigos a tanto tempo, ou se arriscaríamos nossa vida para salvar a de alguém que foi está em perigo.

Pois assim que o garoto deixa o homem entrar eu pensei, nossa que garoto burro, como que ele deixa o cara entrar, mas depois me perguntei, ajudar o próximo hoje em dia é um ato de burrice? Estou mesmo julgando mal o garoto porque ele quis salvar alguém que estava precisando? É isso que esse filme nos faz, refletir, mas só no começo, pois depois o filme parece perder o foco e começa a ser somente matança enlouquecida sem fim, o que eu não estou a reclamar, pois adoro filmes assim (não me julguem). Confesso que achei algumas mortes bem desnecessárias e fiquei esperando as pessoas aparecem no final do filme e só estarem brincando de mortas o tempo todo.



Assistam o filme, e me digam o que acharam, ele é um divisor de opiniões incrível, me digam se vocês achariam que um sistema como esse funcionaria em nosso país e qual o motivo, nos vemos no próximo filme,




Você vai gostar de ler também...

33 comentários

  1. Oi, Gabis.
    Realmente não foi um ato de burrice, mas de inocência, né?
    A gente acaba confiando nas pessoas, tentando fazer o melhor por elas. Inclusive ensinando nossas ideias, nossas coisas e elas acabam, muitas vezes, se voltando contra nós. Mas a bondade nunca será uma burrice.

    Gostei bastante da resenha e fiquei curiosa para ver o filme.
    Nunca tinha visto nenhuma crítica positiva ou negativa, por isso a curiosidade está bem grande por enquanto.

    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu adorei poder conferir seus comentários a respeito. Também já assisti a esse filme e fiquei pensando bastante na situação proposta e em todo o caos. É uma loucura e muito assustador. Realmente gera muitas opiniões..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. oi, tudo bom?

    Eu adorei sua resenha, mas particularmente não gosto deste gênero de filme, só a capa lá em cima me deu medo kkk.

    Beijos!!!
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus que tema mais .. Esquisito hahahah foi a palavra que encontrei que acho que melhor define esse filme rs
    Não assisti, mas pela sua resenha deu pra ter uma noção dessa loucura rs acredito que seja mais, como vc disse, para refletirmos sobre o tema. E essas máscaras, são máscaras? Deu medo só de olhar kkkk socorro!

    ResponderExcluir
  5. Olá essa capa me deu medo kkkk nunca tinha assistido esse filme embora eu acho que iria gostar. Eh até curioso imaginar como seria esse em que se pudesse cometer os crimes

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gabi

    Eu já assisti ao primeiro e ao segundo. Acredito que essa questão que você levantou, sobre o expurgo punir somente negros, pobres e etc, e acho que é justamente essa crítica social que o filme passa. Afinal, na sociedade atual, as taxas de mortalidade são mais altas justamente nessas classes.
    Eu particularmente gosto do filme e do que ele tenta passar. Agora quero ver o terceiro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Realmente você tem razão, eu já conhecia o filme,mas ainda não fui ver, mas ultimamente tenho visto que ele voltou a tona nesses site e blogs que acompanho. Confesso que a idéia do filem é bem exentrica, um dia em que a e pode fazer qualquer cosia? Deve ser ruim e bom. Gosto de filmes com sociais patas e lê que você amou a atuação dos mesmos me deixou muito empolgado para ver. Até mais
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Nossa, eu ainda não conhecia o filme e não fiquei com a menor vontade de assistir. Sou muito medrosa e embora aparente que nem sempre ele é aterrorizante, acredito que nas piores cenas eu não conseguiria ver. O trailer já é super tenso. Não aguento isso não kkk

    ResponderExcluir
  9. Eu não acharia burrice o menino deixar o homem entrar, acharia ingenuidade... rs Não é o tipo de filme que eu gosto, principalmente com essa matança sem fim que você pontuou. Mas vou passar a dica para os amigos que curtem esse tipo de enredo.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Gabis,
    Olha, eu já tinha lido um resenha bem positiva sobre esse filme. E agora lendo a sua, creio que terei que assistir. Faz um bom tempo que não assisto um filme de terror, e acho que já passou da hora de retificar essa questão, rs. Como você disse que ele é um divisor de opiniões, espero que eu goste.
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Olá Gabis,
    Ainda não conhecia esse filme e confesso que não achei a ideia dele boa, infelizmente. Essa questão de liberdade para cometer crime num dia até ok, mas o menino deixar um estranho entrar? Não vejo como burrice, mas ingenuidade e talvez até falta de informação.
    Vou deixar essa dica passar, pois não gostei da premissa, infelizmente.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Esse não é o tipo de filme que eu curta ver.
    Apesar de conferir seus comentários não conseguiria vê-lo mesmo.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  13. Oi Gabis,

    Não suporto esse filme, nem conseguir ver todo. Realmente esse expurgo é uma ideia de jerico. kkkk E parece que tem mais outro filme dele e querem fazer uma série.
    Acho que já acontece tanta atrocidade nesse mundo, que se aplicarem isso ele acaba de vez. Acho que se fosse uma entidade sobrenatural eu até levaria o filme numa boa, mas gente de carne osso, psicopatas matando por prazer, me dá ódio. rsrsrs

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  14. Oii Gabis,
    Eu não curto nem um pouco filmes de terror, mas eu acho que esse eu assistiria pra ter a minha opinião. Adorei ler seus comentários sobre o filme e fez um cagão pra filme de terror ficar interessado hehe e eu concordo com você, esse dia na vida real nunca daria certo.

    Beijos!!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, já vi algo relacionado ao filme, acho que o trailer e não consegui gostar da premissa, não faz o estilo de filme que assisto, por isso, para mim, tanto faz, já que achei meio louco e irreal a ideia do filme e também violento, por isso, não assistiria.
    bjus

    ResponderExcluir
  16. Gente, que filme bizarro! Não conhecia
    Imagina um dia por ano para o crime? Não ia sobrar ninguém, pois já temos crimes de mais "sem permissão"
    Mas fiquei curiosa sim para ver como a história se desenvolve e imagino muitas coisas aí.
    Como é divisor de opiniões, só vendo para saber.
    Dica anotada.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Vi esse filme no catálogo da netflix, mas não sabia que era tão bom. Gostei muito das suas considerações e essas máscaras são assustadoras haha, vou tentar assistir neste final de semana.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Eu só sabia da capa desse filme, mas não sabia nada sobre ele. mas é um tema que não me chama a atenção, por isso que vou deixar para outra hora.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  19. Oi Gabis, tudo bem? Eu ainda não conhecia o filme, mas confesso que não veria. Só de ver essa postagem, com essas máscaras todas, eu já fico com medo :P
    Mas a ideia do filme é bacana e essa crítica precisa mesmo ser feita.
    Mas claro que não daria certo :P
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá
    Eu comecei a assistir esse filme e fiquei pensando meu Deus que coisa é essa eu fiquei apreensiva o tempo todo e por fim desisti de assisti o filme.Para ser sincera eu odiei o filme Qual a necessidade de deixar um dia com tudo legalizado?Foi um dos filmes que eu mais odiei assisti. Beijos ❤

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Acho melhor eu passar essa dica... KKKK Menina, não consigo assistir filmes de terror, e muitoo raramente suspenses. Me assusto com qualquer coisa, acho que é coisa psicológica mesmo.
    Aguardo a próxima dica haha

    beijoos!

    ResponderExcluir
  22. Nossa! eu tenho um misto de amor e ódio por esse filme. Ver como esse povo é alucinado, é revoltante, mas o filme em si, é ótimo!
    tanto que já vi todos lançados até hj e o misto de amor e odio permanece em todos eles.!!
    hauha


    #Ana
    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  23. olá, flor...
    confesso que fiquei bastante curiosa com a premissa do filme, mas concordo contigo: aqui no Brasil isso nunca funcionaria... acho que nem em outro lugar do mundo, pois os pobres e marginalizados sofreriam as consequencias e não poderiam se proteger... só a classe favorecida iria ter vantagem mesmo...
    deve ser realmente um filme bastante tenso...
    anotei a sugestão e tentarei ver esses dias...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  24. Odeio terror, odeio filmes com matança e não consigo suportar coisas que tratem de sociopatia. A premissa desse filme já me aterroriza, não veria de jeito nenhum, sou muito medrosa e não aguento sangue.

    ResponderExcluir
  25. ME PERDOE, mas quando assisti esse filme fiquei babando nesse louro aí, até torci pra ele! Adorei esse filme demais, fiquei morrendo de medo e roendo os dedinhos o filme inteiro, é impossível, né?! Também pensei como você, que gurizinho burro e + idiota de deixar o cara entrar, mas fazer o que. Bem, em relação desse sistema no nosso país penso que jamais! Enfim, essa dica é ótima pra quem não conhece. Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Realmente a ideia do expurgo é incrível, mas teria que ter uma melhor adaptação e, se nem no filme funcionou direito imagina na vida real... E imagina em um país como o nosso com tanta diferença social... Ia dar menos certo ainda!
    Pena que o filme se perdeu e não levou adiante as grandes questões que ele propõem, se bem que isso é mais que compreensivo uma vez que ele não é exatamente um "filme cult" e precisa recuperar o $$$$$ investido e tal. E, vamos combinar que a violência vende...
    Eu acho que não tem uma pessoa que não assistiu o filme que não pensou que o garoto estava sendo burro ao ajudar o cara... o que mostra como nosso primeiro pensamento não é com o próximo, mesmo que depois a gente reflita sobre isso...
    adorei sua postagem!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  27. OI Gabis!! Tudo bem?


    A sinopse e o trailer não me atraem, é uma obra que não faz parte do meu gênero cinematográfico. Entretanto como você mesma disse existe uma crítica velada para a sociedade, como a empatia, a solidariedade, as desigualdades sociais e o enriquecimento. Enfim, a questão consiste em ser sangrento, parece palhaçada, mas tenho nervoso com sangue. Nunca desmaiei, mas sinto muito nervoso, por isso nem cogitei ver alguns filmes nesse estilo e como salientado por você, há mortes desnecessárias. Beijos!1

    ResponderExcluir
  28. Oi eu não conhecia o filme mas fiquei curiosa Depois de ler a tua resenha Olha eu não acho que a ideia por trás dessa premissa distópica seja abrir a possibilidade de que algo assim venha dá certo e sim levantar alguma crítica social em relação a justiça e ao governo eu vou procurar o filme para assistir Será que tem na Netflix? beijos

    ResponderExcluir
  29. Oiii Gabis, tudo bem?
    Menina eu já assisti esse filme e amei, senti um terrorzão em ver essas máscaras e imagina se fosse na vida real da gente esses loucos assim vindo em nossa direção, com toda certeza assistiria várias vezes.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Olá, Gabis! Não conhecia o filme e só de assistir o trailer já me parece ser assustador!rs Acho que eu assistiria o filme, porém a ideia dele, do expurgo, não me convence. Inclusive não me parece resolver o problema apresentado na sinopse.. Masss acho que só assistindo para entender e opinar melhor, né?rs

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Hello! Tudo bem?
    Nossa, que filme é esse?!
    Nao conhecia e ja fiquei bem curiosa com tudo que vc falou.
    Eu vou ver se assisto esse fds e volto pra falar oq eu achei.
    Curiosa mesmo.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  32. Olá,

    Não lembro onde, mas já ouvi falar nesse filme, e apesar de ter um tema bem interessante, não faz o meu estilo. Prefiro filmes que eu tenha ao menos 50% de chance de gostar, pois sou inquieta demais para passar algumas horas assistindo algo hahaha. Acredito que os fãs do gênero, gostaram, como não é meu caso, deixo a dica passar.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Não conhecia o filme, mas confesso que fiquei curiosa. Pelo que li em seu texto, creio que isso não funcionaria muito bem. Penso que é muito perigoso mexer com os instintos mais cruéis das pessoas, talvez seja um caminho sem volta. Vou procurar o filme para dar uma conferida.

    Tatiana

    ResponderExcluir

//]]>