Colin

Resenha: Uma Semana Para se Perder

09:00


Título: Uma Semana Para Se Perder
Autor(a): Tessa Dare
Editora: Gutemberg
Páginas: 288
Ano de Publicação: 2015
Gênero: Romance Histórico
Nota: 5/5
Sinopse: O que pode acontecer quando um canalha decide acompanhar uma mulher inteligente em uma viagem? A bela e inteligente geóloga Minerva Highwood, uma das solteiras convictas de Spindle Cove, precisa ir à Escócia para apresentar uma grande descoberta em um importante simpósio. Mas para que isso aconteça, ela precisará encontrar alguém que a leve. Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne, um libertino de primeira, quer estar em qualquer lugar menos em Spindle Cove. Minerva decide, então, que ele é a pessoa ideal para embarcar com ela em sua aventura. Mas como uma mulher solteira poderia viajar acompanhada por um homem sem reputação? Esses parceiros improváveis têm uma semana para convencer suas famílias de que estão apaixonados, forjar uma fuga, correr de bandidos armados, sobreviver aos seus piores pesadelos e viajar 400 milhas sem se matar. Tudo isso dividindo uma pequena carruagem de dia e compartilhando uma cama menor ainda à noite. Mas durante essa conturbada convivência, Colin revela um caráter muito mais profundo que seu exterior jovial, e Minerva prova que a concha em que vive esconde uma bela e brilhante alma. Talvez uma semana seja tempo suficiente para encontrarem um mundo de problemas. Ou, quem sabe, um amor eterno.
Depois de um bom tempo que resenhei o primeiro para vocês e antes de tudo podem conferir aqui, eu finalmente li o segundo é vim correndo contar para vocês o quanto me diverti com esse livro. Arrependo-me até de ter enrolado para lê-lo, pois foi uma leitura realmente muito gostosa para mim.

Vamos então apresentar os casais dessa história, super divertida que li e me apaixonei lindamente desde o início da leitura.

Para quem não se lembra do primeiro livro não se preocupe, pode conferir a resenha aqui, com o título de Uma Noite Para se Perder, lá mesmo já conhecemos os principais personagens desse livro, claro que não em evidencia, mas não deixa a desejar também.


Neste livro iremos conhecer mais afundo Minerva Highwood, uma apaixonada por rochas, terra, uma geóloga nata, porém como bem sabemos naquela época a mulher não tinha o direito de ser o que quisesse, até que surge um simpósio de geologia na Escócia, a nada mais nada menos que 400 mil milhas de distância dela, no desespero para ir, afinal ela queria apresentar suas descobertas, pensa em quem na pequena cidade de Spindle Cove poderia embarcar nessa aventura de uma semana, mesmo sabendo que quando voltasse as coisas jamais seriam as mesmas para ela.
"Minerva se considerava uma pessoa razoavelmente inteligente, mas Santo Deus... homens bonitos a imbecilizavam. Ela ficava tão desorientada perto deles; nunca sabia para onde olhar ou o que dizer." 
Bom, é ai que entra o ilustre Colin Payne, ou Lorde Payne, um libertino de fama que não suporta mais estar preso na pequena cidade, e está completamente doido para voltar a sua libertinagem de Londres. Quando Minerva propõe que ele o acompanhe nesta aventura doida ele fica confuso, afinal, ela será arruinada se viajar com ele nessas circunstâncias.

Porém quem vai se importar com isso? Minerva e que não está se importando, ela só tem 1 semana para provar um amor profundo a Lorde Payne e vice-versa para assim abafar os comentários até sua volta e ninguém ir atrás deles.


Nesta semana descobrimos que até os maiores libertinos tem seus traumas, medos e não são tão descarados e sem vergonhas como a fama o precede, que até a mais reclusa geóloga pode ser uma lindíssima mulher, só esperando o momento é a pessoa sertã para florescer esse seu lado exuberante.

Para mim foi uma leitura muito gostosa, morri de rir com as trapalhadas e teimosia dos dois, esse livro definitivamente é melhor do que o primeiro, preciso assumir a vocês, foi relaxante e gostoso de acompanha as descobertas desse casal que achava saber tudo sobre si, mas na verdade não sabia nem um terço, entre uma Francine que foi destruída, um príncipe sequestrado, uma dama que fala com as cobras e muitas outras aventuras, presenciamos um casal que era totalmente improvável se tornar provável.
"Resumindo, ele fez com que os dois ficassem muito, muito íntimos. Não pelas aparências, por causa de Halford. Não para provar alguma coisa a ela ou a qualquer pessoa. Simplesmente ele a desejava. E estava cansado de fingir que não."
Medos, traumas, inseguranças, isso tudo nós podemos lutar para superar, descobrir a força que nem imaginávamos que tínhamos e ver que somos capazes de tudo se tivermos foco.

A capa para mim coincide muito com a personagem Minerva, adorei a arte dela, não encontrei nenhum erro de gramática, e sua diagramação estava muito bem feita, o que torna a leitura mais gostosa ainda e a presença das páginas amareladas, é claro, a versão de Lorde Payne, Tessa foi mais uma entre tantas que aderiu a moda de alternar os capítulos, coisa que sinceramente amo.

Então gente por hoje é isto, espero que tenham gostado, leiam e se apaixonem assim como eu me apaixonei, a série e maravilhosa e vale muito a pena mesmo conferir.

Beijinhos. 






Você vai gostar de ler também...

15 comentários

  1. Kah, oi minha linda! Lendo sua resenha me deu uma vontade imensa de ler o livro. E você já tinha me recomendado, assim que possível quero ler. Eu preciso desses livros para aliviar minha mente, durante as leituras mais pesadas.
    Adorei a forma leve que utilizou para resenhar, só antecipou minha vontade!
    Beijos
    Danne
    Http://danielacorrea2009.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Hey, Kah!
    Amo livros que além de nos fazer pensar e sentir, também nos faz sorrir. Não tem nada melhor né? Ainda não li nenhum livro do gênero, mas confesso que tenho muita vontade. Adorei sua resenha! É impressionante uma personagem, que em período de opressão, já lutava por seus objetivos, independente das consequências.
    Mil beijokas! entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. OI. O estilo de livro tem sido exaustivamente trabalhado pela indústria do livro. Me corrija se eu estiver enganada, mas entendi que é um livro com continuação, e com o mesmo tipo de enredo de tantos outros. 'Libertinos' e 'mocinhas fortes', por fim, a cura pelo amor. Acho que para quem aprecia o estilo, deve ser uma leitura interessante.

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Ainda não li nenhuma obra da autora, mas gosto bastante do gênero então já anotei a dica!
    Uma pena você ter demorado um pouco para ler o segundo volume, afinal você gostou bastante da obra.
    A premissa é bem interessante e quero conferir essa força que os personagens conseguiram para superar seus medos e traumas.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Gostei da resenha, estou precisando ler algo descontraído, rir um pouco.

    Dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oie Kah, tudo bem? Ouço falarem muito bem da Tessa e de sua escrita, mas acredita que nunca tive vontade de ler os livros dela? E por mais empolgante que seja sua resenha, ainda não me senti conquistada.

    ResponderExcluir
  7. Nunca tinha ouvido falar dessa duologia (é duologia ou tem mais livros?)! Admirei a coragem da menina pra correr atrás daquilo que ela quer, mesmo que isso coloque sua reputação em risco (em uma época onde reputação da mulher é tudo). Parece ser uma ótima protagonista!

    ResponderExcluir
  8. É exatamente o tipo de livro que estou procurando!!!
    Vou ler a resenha do primeiro para ver se me agrada, e aí eu anoto na wishlist
    Beijos

    blog-myselfhere.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oii,

    Muitos estão falando bem dessa autora. Estou bem curiosa para conhecer as histórias desses livros. Já inclui na minha lista de leitura.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. vc e seus livros de romance né Kah? ave maria sai deles Kah pelo amor de buda kkkk

    ResponderExcluir
  11. Kah, acho que uma das coisas que mais faz com que eu goste de romances de épocas são os personagens, a mocinha destemida e o mocinho libertino.
    Amo essa fórmula e ela sempre me agrada mesmo sendo batida.
    Quero muito ler os livros dessa autora.

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro a mesma fórmula de todos romances de época kkkkk acho incrível e não enjôo nunca. Esse eu ainda não li, mas vamos ver se consigo ler o primeiro ainda esse ano kkkkk
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  13. Eu não estou muito na vibe dos romances de época. O único que estou lendo é o da Babi, porque acredite a escrita dela é maravilhosa. Em Menos de seis horas, terminei o livro dela. A premissa desse pareceu muito com a promessa da rosa, talvez a ambientação.

    ResponderExcluir
  14. Oi Kah! Morri de rir com as "aulas práticas" que ela estava tendo. Foi um livro delicioso e que bom que finalmente você leu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Kah,
    Quero muito iniciar essa série, e a cada resenha fico mais curiosa. Gostei de saber que o segundo livro consegue superar o primeiro, espero gostar também.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir