Resenha: Nove Regras A Ignorar Antes De Se Apaixonar

escrito por - sexta-feira, julho 08, 2016


Título: Nove Regras a Ignorar Antes De Se Apaixonar (Os Números do Amor)
Autor(a): Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 384
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance
Nota: 5/5
Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
Que personagens mais icônicos e especiais neste livro viu, tanto que estou a semanas ensaiando esta resenha para vocês, então espero que aproveitem. Bom, vamos lá então?!

As novas regras a ignorar antes de se apaixonar é o primeiro livro da série "Os Números do Amor", e se todos forem como este, ficarei na dúvida se coloco ele como minha série preferida ou uma das cinco mais. Sem mais delongas que tal eu apresentar para vocês a todos esses maravilhosos personagens.


Logo no prólogo conhecemos Calpúrnia ou Callie como prefere ser chamada. Uma menina muito jovem no início da sua temporada de caça ao marido. mas com dezoito anos já está desiludida quanto a conseguir casar. Afinal, desde sempre com o corpo redondinho, seios voluptuosos, nunca se sentiu verdadeiramente desejada por homem algum que conhecesse, bom por homem quero dizer um homem jovem, porque os únicos que tem curiosidade ou cortejam ela são os velhos endividados que necessitam de um belo dote de casamento, coisa da qual Callie tem a disposição.
"- Mas e verdade. Não sou do tipo de moça que os cavalheiros perseguem. Qualquer um que tenha olhos podem ver isso.
- Tenho olhos. E não vejo nada disso."
Em um dos intermináveis bailes Callie se esconde da alta roda se sentindo mais do que rejeitada até ser encontrada por um certo rapaz(a nada demais né? Você está escondida, e de repente e encontrada por....) o rapaz em questão é ninguém menos que Gabriel St. John. ou Marquês de Ralston.

Gabriel ganhou o título muito cedo de Marquês de Ralston é também outros como como o de mais perverso libertino  e mulherengo de Londres. Sempre muito reservado apesar de todos os nomes que ganha encontra Callie em um momento de tristeza sua simpatia entra em ação e decide ajudar da maneira  que puder a desconhecida, e principalmente que ela consiga ver a própria beleza. (Relaxem que ele não vai seduzir ela, afinal ele não e um crápula não é minha gente.)

Bom depois dessa noite em especial muita coisa acontece, vamos dizer que uns dez anos se passaram. Callie já está com 28 anos, já considerada uma encalhada, assiste sua vida passar sem nenhum mérito, e isso a frusta muito, porém sempre tenta ocultar isso para que as pessoas não sintam pena dela, afinal quem gosta que sintam pena de si?


Até que com um acontecimento em sua família é uma conversa bem produtiva com seu irmão mais velho, ela decide que não quer mais ser está dama de reputação impecavel, ela que pelo menos uma vez ou nove se arriscar, sem limites ou como ela vê ou pensa: Ter a vida boa que os homens tem, e descobri qual a graça de ser homem, sem limites ou fronteiras.
"E se pudesse ter outra história que não o arremedo sóbrio e chato de vida que possuía agora? E se pudesse fazer todas as cosas que já sonhara? O que a impedia de dar esse salto?"
A lista que Callie faz com as nove regras e simplesmente fantástica para a época, porém o primeiro item de sua lista envolve um certo alguém que ela sempre sentiu uma forte atração. Acho que vocês pode imaginar quem seja não e mesmo? Isto mesmo, o certo alguém nada mais nada menos que Sr. Gabriel.


Agora o que seria este item ou os outro oito itens, ou um pacto feito entre essa dupla que não sabe mais irá se meter em muita confusão, para saberem meus amores somente lendo pois não digo mais nada. rsrs.

Eu já conhecia a escrita da autora de outra série que leio, mas esta está muito superior em todos os aspectos, no quesito de escrita, desenvolvimento de personagem, em tudo. Porém uma marca registrada da autora e sempre coloca uma personagem muito feminista e de temperamento forte, e realmente e muito legal de acompanhar isto.
"Aqueles nove desafios eram tudo o que se punha entre Callie e a vida.
Só o que tinha que fazer era assumir o risco.
E por que não?"
Quanto a publicação, a capa e muito linda, a diagramação está muito bem feita como sempre, e não encontrei erros de revisão, mas na verdade nunca encontro quando se trata de livros publicados pela Arqueiro.

O fato e que recomendo o livro para todos que gostem de um bom romance histórico, com personagens fortes e determinados, e claro muitas risadas, vale super a pena, mal vejo a hora de ler o segundo.

Por hoje é só, espero que tenham gostado da resenha.

Beijos

Você vai gostar de ler...

13 comentários

  1. Oiii amiga, como vai?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou muito meu interesse, eu estava e estou morrendo de amores por essa edição maravilhosa, mas creio que eu não gostaria da personagem principal. Como sempre, amei a sua foto <3
    Beijinhos Kah.

    ResponderExcluir
  2. Oi Kah, ainda não li nenhum livro da autora, mas já tem alguns que estão na lista. Gosto da ideia da transformação da personagem, o fato de decidir que é hora de mudar e seguir em frente, mas ainda assim, não seria a minha primeira leitura da autora, apesar da sua ressalva em que a escrita da autora está melhor nessa obra. Quem sabe mais para frente.
    Bjim!
    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Eu não conhecia esse livro. Gostei demais e amo romance histórico. Amei sua resenha.
    A dica já está anotada.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    Eu até gosto de romances históricos, mas no momento estou em estado de ânimo, estou querendo muita ação, suspense e terror. kkk
    Sua resenha está ótima, mas vou deixar passar esse. BJsss
    www.mundoliterando.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi.

    Achei a edição do livro muito linda mesmo. Mas é uma pena esse gênero não fazer meu estilo de leitura. Apesar da premissa ter chamado muito minha atenção!

    Emerson
    Literatura News

    ResponderExcluir
  6. Tô numa vibe romance de época, então se eu vejo um logo falo: VEM! KKKKK A capa desse é linda! Mas as capas da Arqueiro tão arrasando né?
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu adoro romances de época! Eu já li um livro da autora e gostei bastante, então essa obra é sem dúvidas algo que quero ler.
    Gostei da personagem principal e tô curiosa para saber mais desse libertino simpático hahaha!
    Fico feliz de saber que a autora evoluiu na escrita e na construção dos personagens.
    Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Eu não leio romances de época, mas conheço muita gente que ama o gênero.
    Não sabia que o livro pertencia a uma série! Achei diferente relacionar os numeros.
    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adoro romances de época, e esse livro está na minha lista com certeza. Já li livros da Sarah e ela escreve muito bem, portanto esse livro será perfeito. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oioi! Tudo bem?
    Amo romance de época e to louca pra ler Nove Regras a Ignorar Antes De Se Apaixonar. Mas esse livro ta caro demais, nao consigo comprar de jeito nenhum hehe.
    Adorei conhecer mais do livro aqui, nao sabia direito sobre o que o livro falava.
    Amei a capa e ja sei q os demais tb sao divinas.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. Olá Kah, não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa para lê-lo já que pela sua resenha ele pareceu fugir dos clichês mais usados do gênero *-* Vou anotar a dica.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  12. Kah, já ouvi falar do livro.
    E acho tanto a ideia da lista como do pacto deles muito legal.
    Estou louca para ler, pois amo romance de época.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  13. Oi!!
    Já no início da resenha identifiquei um dos motivos que me fazem ficar bem longe dos romances de época, a questão da personagem quase sempre estar a procura de casamento. outra coisa que faz eu me afastar é a maneira como a personagem muitas vezes é tratada.
    O que acho legal é que esses romances sempre trazem um toque de humor e pelo visto você gostou mesmo da leitura.
    Beijão!

    ResponderExcluir