10 de out. de 2018

Resenha: Não confie em Ninguém


Todo mundo sabe que eu simplesmente A-M-E-I o livro Deixada para trás, do autor Charlie Donlea. Deixei bem claro aqui na resenha que o autor me conquistou com seu jeito de escrever e que me deixou sem fôlego. Portanto, quando a Faro Editorial lançou seu novo livro “Não confie em ninguém”, eu tratei logo de pedir o meu para poder me aventurar novamente no universo de crimes e mistério que o autor cria em todas as suas obras.


Título: Não confie em ninguém Autor(a): Charlie DonleaEditora: Faro Editorial Páginas: Ano de Publicação: 2018Gênero: Suspense/ Thirller Nota: 4/5Obs: Livro cedido em parceria com a editoraSinopse: O melhor livro de Charlie Donlea - até agora. O destino de Grace Sebold toma um rumo inesperado durante uma tranquila viagem com onamorado. O rapaz é assassinado... e ela é condenada pelo crime. Depois de dez anos na prisão, surge a chance de Grace provar sua inocência ao conhecer a cineasta Sidney. Em um documentário que exibe as falhas do processo, a cineasta questiona se a condenação foi fruto de incompetência policial ou se a jovem foi vítima de uma conspiração. Antes do término das filmagens, o clamor popular leva o caso ser reaberto, mas um novo fato provoca uma reviravolta: Sidney recebe uma carta anônima afirmando que ela está sendo enganada pela assassina. A cineasta começa a investigar o passado de Grace e quanto mais se aprofunda na história, mais dúvidas aparecem. No entanto, agora, o que está em jogo não é apenas a repentina fama e carreira, mas sua própria vida.

Nesta nova trama, conhecemos a jornalista e produtora Sidney Ryan, que tem em sua carreira um histórico de documentários bem sucedidos sobre pessoas condenadas “injustamente” por algum crime. Em seus maiores sucessos, Sidney escolheu alguns casos que não foram totalmente esclarecidos e investigou a fundo provas que a polícia apenas viu superficialmente, e acabou ajudando a libertar alguns inocentes nesta sua jornada.
Devido ao sucesso de seus dois últimos projetos, a produtora passa a receber cartas de condenados de todo o país na esperança de que ela pudesse libertá-los, até que um realmente chama sua atenção: o caso de Grace Sebold, que foi condenada há 10 anos pelo assassinato do seu namorado na ilha de Santa Lúcia, no Caribe, e cumpre pena no local longe de todos que ama.


Ao ler a história de Grace, Sidney desconfia que a maioria das provas contra a mulher foram superficialmente analisadas, e decide criar um novo documentário para contar ao público a sua história. Este documentário vai ao ar toda semana, e à medida que a produtora investiga, vamos descobrindo junto com ela as diversas falhas no processo que levou Grace à prisão num país estrangeiro. Todo este projeto dá tão certo, que a promotoria consegue reabrir o caso e investigar mais a fundo o que aconteceu, onde tudo leva a crer que Grace foi realmente injustiçada. Mas num dado momento, Sidney recebe uma mensagem com novas provas que a faz questionar: “Será que ela realmente é inocente?”
A palavra certa para este livro é ARREBATADOR. O autor consegue nos prender na história desde o primeiro momento. Ele nos apresenta primeiro o ponto de vista dos policiais, que nos faz acreditar que Grace é a grande assassina. Porém, à medida que Sidney investiga, vamos descobrindo tudo o que foi deixado de lado, e realmente acreditamos que ela é inocente. Até que várias coisas vão surgindo e não dá mais pra saber o que está acontecendo, quem é assassino ou não.
Eu acho que nunca fui tão trouxa na minha vida ao ler um livro assim. Mudei de opinião várias vezes e quando descobri o que aconteceu de verdade, minha vontade foi de bater no autor. Eu NUNCA imaginaria o final que ele escreveu, e confesso que na hora eu fiquei com muita raiva, queria jogar o livro na parede. Só que quando o acesso de raiva passou (ufa!) e analisei melhor a obra, vi o quão incrível foi a história inteira, e finalmente entendi porque o fechamento do livro foi a cereja do bolo.


A escrita do Charlie é impecável e só me dá mais vontade de indicar os livros dele pra todo mundo. O jeito como o livro termina dá um gancho para outra história e estou rezando para que ele dê continuação e nos presenteie com muitos outros livros de tirar o fôlego.
Novamente ele nos traz uma protagonista feminina extremamente forte e cativante. Sidney é uma mulher muito inteligente que cativa o leitor logo no começo, e ela me fez lembrar muito a Dra. Lívia Cutty do livro “Deixada para trás”. Inclusive temos mais da nossa doutora preferida neste livro, não são cenas muito grandes, nem um papel de grande destaque, mas posso dizer que vemos ela entrando em ação novamente.
Achei o livro muito incrível, e mesmo quase surtando com o final, não deixo de recomendar pra ninguém. A diagramação da Faro continua impecável, e não vejo a hora de ler o próximo livro do autor. Rezando para que ele aproveite o gancho deixado no final!

22 comentários:

  1. Amei essa foto, e o livro é demais também. O autor sabe como prender o leitor do início ao fim! Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, obrigada! Aproveitei que estava na praia e já levei meu livro pra viagem pra tirar as fotos, já que a história tem tudo a ver com praia. Beijos!

      Excluir
  2. Esse livro eé excelente. Ao menos para o meu gosto.
    O documentário investigativo que a história do livro se desenvolve, as teorias alternativas, questionamentos sobre o processo de investigação da polícia caribenha vão aparecendo e cada vez mais, Sidney se vê diante de uma situação que se torna o novo vício das famílias americanas: descobrir se a Grace é culpada ou inocente, o que acaba indispondo várias pessoas.
    É o tipo de leitura que prende a atenção do início ao final do livro, com personagens fortes, reviravoltas e segredos obscuros.

    Adorei e que bom que tenha gostado também. Beijos.

    Além das Páginas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karini! Sim, o livro é bom demais! Dentre todos os livros do Charlie, este foi o que me deixou mais indignada ao descobrir quem era o culpado! A trama que ele desenvolveu foi muito completa, nos enganando sobre tudo e nos fazendo duvidar de todo mundo desde o princípio. Que bom que você adorou, assim como eu. Beijos!

      Excluir
  3. Eu estou louca para ler esse livro, ele esta na minha lista ha um tempo, estou só esperando a BF para compra-lo. E eu fico imensamente feliz ao ver como a Faro esta crescendo e publicando bons livros, já esta se tornando uma das principais do gênero. Os melhores suspenses que li são deles.

    Adorei sua resenha, seu blog é lindo. Ganhou mais uma leitora.

    bjs

    www.alimentopraalma.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aninha! Você comprou na BF? Nossa, concordo demais com você, os melhores suspenses que já li são da Faro. Obrigada pelos elogios e que bom que você vai seguir o blog! Beijos!

      Excluir
  4. Olá!
    Menina, já pela sinopse eu fiquei com vontade de ler o livro, de conhecer mais sobre essa história. Aí veio a resenha e eu fiquei aqui louca, já abrindo site pra pesquisar o preço, porque SEM DÚVIDAS vou procurar, comprar e ler esse livro. Que coisa louca e gostosa deve ter sido. Obrigada pela dica!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda! Ah, que coisa mais gostosa de ler! Já comprou o seu? Quando ler vem aqui conversar comigo e me contar o que achou! Beijos!

      Excluir
  5. Acredita que eu ainda não li nada do autor? Mas adorei saber que você adorou e indica a os livros do autor assim, com tanto ânimo! Porque isso só me anima mais ainda a conhecer a escrita dele, que deve ser incrível e estou cheia de expectativas. Preciso ler algo dele urgente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jaque! Como assim você ainda não leu nada do Charlie?? Menina, leia! Eu li os três livros dele, um atrás do outro, e fiquei fascinada! Indico pra todo mundo! Beijos!

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Acredito que os melhores livros sejam esses que nos deixam querendo jogar o livro na parede após o final por causa de alguma surpresa. Não sabia deste livro ainda, mas sem dúvidas fiquei mega curiosa para ler. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa! Obrigada pelo elogio! Você não tem noção do chilique que eu dei no final do livro, quando descobri o quão trouxa eu tinha sido hahaha Mas o livro é maravilhoso, leia e me conte se gostou. Beijos!

      Excluir
  7. Ahhh mas é tão bom quando a gente se sente desse jeito, vai hahahah
    AMO quando o autor consegue surpreender a ponto de me deixar nervosa e sem prever o final.
    Não conhecia esse livro e me interesei

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Clayci, realmente, a gente morre de raiva mas morre de amores por livros assim né? Eu também amo quando o autor surpreende a gente, mesmo que eu tenha vontade de matar ele hahaha Beijos!

      Excluir
  8. Que foto mais linda! Nada melhor que um livro que nos faz de trouxa, né? Hahha amei demais! Apesar de nao ser um genero que tenho por hábito ler, sua resenha me deixou extremamente curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dayhara! Aproveitei que estava indo viajar pra praia e levei o livro pra tirar fotos, tudo a ver com a história! Tente ler algum thriller, este gênero é muito bom, deixa a gente sem conseguir largar a leitura enquanto não descobrirmos o que aconteceu. Beijos!

      Excluir
  9. Olá, eu estou bem curiosa para ler esse livro e descobrir se a personagem é ou não culpada, amo quando histórias do tipo nos fazem de trouxa, rsrs, nos surpreendem, mas que mesmo assim ainda sejam compreensíveis. Amei sua sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Nossa, ultimamente só estou lendo thrillers que me fazem de trouxa hahaha Obrigada pelo elogio, fico feliz que tenha gostado da resenha, beijos!

      Excluir
  10. Eu estou louca para realizar a leitura desse livro e adorei a sua resenha, me parece ser uma obra muito instigante e tenho certeza que ao abrir a primeira página para ler eu não vou conseguir largar até terminar a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz, bota instigante nisso! QUe bom que gostou da resenha, leia este livro com tempo, porque você não vai conseguir largar! Eu lia no ônibus indo trabalhar e ficava indignada quando chegava no trabalho e tinha que largar hahaha Beijos!

      Excluir
  11. O livro foi incrível, maravilhoso, mas onde eu aperto pra desler o final? Não curti o final não.

    ResponderExcluir
  12. Acabei de ler e amei o final. Recomendo✔😉📚

    ResponderExcluir