23 de abr de 2018

Resenha: Um reino de sonhos








Achou que quem vem acompanhando de uns dois meses para cá o blog notou que eu ando lendo muito o universo highlander, a verdade é que estou um tanto viciada, e esse livro que vou conversar com vocês agora me enlaçou de um jeito que não será fácil de conversar sobre. 


Título: Um reino de sonhos
Autor(a): Judith McNaught
Editora: Bertrand
Páginas: 378
Ano de Publicação: 2018
Gênero: Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia. Quando seu irmão, Stefan, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas de um lorde escocês, do convento onde vivem, as vidas de Royce e Jennifer se entrelaçam. Ele, um poderoso guerreiro que já ganhou muitas batalhas, não vê a hora de encontrar uma mulher que o amará pelo homem que é, não pelo medo inspirado por sua lenda. Ela, uma jovem rebelde em busca do amor e da aceitação de seu clã, mesmo na condição de prisioneira, não se deixa abalar pela fama de seu arrogante captor.
Conforme os conflitos entre os dois se tornam mais frequentes, a urgência de se entregarem um ao outro só aumenta. Certa noite, quando ele a toma apaixonadamente nos braços, desperta nela um desejo irresistível. Mas, se Jennifer seguir seu coração, perderá tudo aquilo pelo que vem lutando e jurou honrar.

Este foi o meu primeiro contato com a autora em questão e foi meu primeiro contato com a leitura em uma época medieval também e confesso que achei que não ia gostar, mas a verdade é que gostei muito então lógico que eu tinha que conversar com vocês sobre ele, espero que gostem.

Já começamos a leitura com um baita spoiler, ou não, acaba que é clichê o que acontece, mas começamos já com uma cena bem avançada, o que me deixou mais ainda sedenta pela leitura. Vamos conhecer de cara Royce e Jennifer, duas figuras totalmente opostas e ao mesmo tempo nada opostas. Jennifer é uma escocesa que sempre foi muito patriota, mas não exatamente com o seu país e sim com o seu clã, filha do dono do clã mais poderoso da Escócia ela sempre idealiza o momento em que vai se tornar a chefe e controlar tudo.

"Que loucura, querer pedir à pessoa que lhe causara a dor que a curasse. E no entanto, ainda durante a ceia, naquela noite, quando a manga dele lhe roçara o braço, tinha querido aninhar-se contra o seu peito e chorar."

Só que seus sonhos vão a uma espiral de decepção quando seu pai já viúvo casa novamente e os filhos de sua nova mulher tomam o lugar de Jennifer. Ela faz vários atos de rebeldia, mas ao mesmo tempo tenta ser amiga de seus novos irmãos e bom, ela não tem sucesso em seus planos e acaba sendo isolada em um convento e fica lá por anos. Ela e sua irmã postiça que na verdade tem grande admiração por Jennifer. Sempre sentindo que tinha um dever com seu povo mesmo que afastada ela está disposta a se sacrificar há qualquer momento. Principalmente quando o Lobo Louco está há caminho de seu castelo e promete derrotar o exercito de seu pai.

O lobo nada mais é do que Royce, um militar inglês que está sobre ordens do Rei Henrique e suas ordens são justamente controlar clãs escoceses, um homem brutal, com um exército mais brutal ainda, cuja sua fama vare os ventos de todos os países da Europa. O fato é que Royce é determinado e tudo que ele mais deseja agora é terminar essa missão, tanto que ele nem acredita quando um de seus soldados sequestra duas mulheres e logo depois descobre que uma delas é filha de seu maior inimigo do momento. Sim, ele acaba tendo Jennifer em seu poder e agora ele não vai medir limites para obter o que foi designado a cumprir.


Mas não achem vocês que vai ser fácil, afinal, estamos misturando duas pessoas teimosas, obstinadas, fortes, que não medem esforços para ter o que precisa, e acima de tudo, faz qualquer coisa para defender seu povo, o que é merecedor de grande admiração.

"– Vem aí o Lobo! – gritou uma das mulheres, e apertou contra o peito o filho que tinha nos braços, num gesto de instintiva proteção. – Deus tenha piedade de nós!"

O desenvolvimento da história é muito fluido, nossa eu simplesmente não queria abandonar em momento algum o livro, fiquei vidrada fortemente. O que me surpreendeu, pois não esperava que uma leitura um tanto diferente do que estou habituada fosse me prender tanto, mas foi o caso. Eu comecei e não quis mais parar, minhas noites mal dormidas que falem para vocês. Kkk

Temos muitos altos e baixos por aqui. Traições, esperanças perdidas, superações, preconceitos, são tantas coisas abordadas nessas páginas que você deve pensar que muita coisa foi negligenciada, mas não, cada coisa, cada acontecimento teve seu ponto de fechamento, e eu fiquei muito encantada por isso, não esperava isso quando iniciei a leitura despretensiosamente. E na verdade, mal vejo a hora de poder conferir os próximos volumes, pois apesar de ter sido um livro escrito na década de 80, somente agora ele está sendo relançado, e na minha leiga opinião, está sendo no momento mais do que certo.


Então eu recomendo muito essa leitura, pois eu garanto que em vários momentos seu coração vai ficar na boca de surpresas e desesperos, ao final desse livro eu fiquei tão apaixonada que não queria que acabasse já queria mais e mais, na verdade ainda quero. Consegui ver tanta evolução de ambos os personagens como a muito tempo que não via que não me restava mais nada do que favoritar o livro em questão, então se hoje me perguntarem qual livro que englobe o universo Highlander tão abertamente, eu claramente direi que é Um Reino de Sonhos. Leiam!

Beijos

18 comentários:

  1. Oi Kah!
    Menina, fiquei suspirando só em ler tua resenha rsrs... Estou precisando ler algo assim. com certeza, dica anotada e espero ler o quanto antes.
    Não conhecia o livro e nunca li nada da Judith McNaught.
    Ps. Parabéns pelas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A espero que leia e se apaixone como eu me apaixonei.
      Ps> Obrigada meu bem. <3

      Excluir
  2. Gostei da história do livro, mas adorei mais ainda as fotos! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Já tinha visto esse livro por aí, mas ainda não tinha lido nada sobre ele.
    Achei intrigante o fato de ela ter sido sequestrada, fiquei curiosa para saber como a história vai se desenrolar.
    Adorei a resenha e fiquei interessa em ler a obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Há algum tempo desenvolvi um amor gigante por romances de época/histórico/medievais, então eu super entendo o que quer dizer com as noites mal dormidas e a surpresa por gostar tanto de algo que não esperava gostar. O enredo desse livro me conquistou pela sua resenha e já anotei a dica!

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oiii Kah

    É um livro meio fora da minha zona de conforto, mas amei saber que surpreende e te prendeu ao ponto de te roubar o sono...rsrs, é maravilhoso topar com histórias assim de surpresa. Acho que leria, pra sair da zona de conforto e também porque vejo que vc gostou tanto, pode me agradar tb... Vou deixar anotado

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, que fotos lindas!
    Essa escritora arrasa sempre né? esse livro também me deixou sem conseguir pregar os olhos até terminar de ler.
    Nem preciso dizer que adorei sua resenha né? Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Gostei muita da resenha, mas eu fico meio dividida. Por um lado, a história até me cativa, mas, por outro, me parece bem clichê, então não sei se investiria dinheiro. No momento estou querendo outros tipos de leituras, que realmente me surpreendam, e não fiquei com a impressão de que esta me surpreenderá. Nunca li nada da autora, apesar de ter lido poucas resenhas das obras dela, e não sei se ela tem a ver com o meu estilo literário. Mas que bom que você curtiu a leitura :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse universo Highlander não me atrai muito não... na verdade o que mais chamou minha atenção no livro foi ele se passar na época medieval, adoro isso! Mas a história não me atraiu o suficiente para eu querer ler. Que bom que gostou tanto!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kah.
    Apesar de não fazer muito o meu estilo de leitura, gostei bastante da temática do livro. O período medieval é muito interessante. Espero algum dia ler um livro sobre esse período. Abraços

    ResponderExcluir
  10. Não é o tipo de história que normalmente eu me interesse. Mas sua resenha foi tão intensa que fiquei com vontade de conhecer mais dos personagens. A protagonista parece ser uma mulher interessante.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Kah!
    Eu já li um ou outro livro da autora, um deles eu simplesmente odiei, desde então tenho evitado ler os livros dela (estado de negação puro). Eu gostei da premissa dessa, talvez eu leia para tirar o jejum dessa autora. Espero gostar da leitura como vc gostou.
    bjos
    Lucy - Por essas páginas
    (o livro que não gostei foi Witney, meu amor.)

    ResponderExcluir
  12. Oii! Eu ainda não li nada do universo Highlander, mas só pela sua resenha já vi que irei amar haha. Achei totalmente injusto e estou indignada pelo que aconteceu com a Jennifer, ser mandada para o convento pelo próprio pai, os irmãos postiços tomaram seu lugar e ainda por cima foi sequestrada pelo inimigo de seu pai. Confesso que estou bastante curiosa para saber como será o desenrolar dessa história haha. Amei a sua resenha e já anotei a sua dica, bjss!

    ResponderExcluir
  13. Gosto desta autora,mas não li o livro ainda. A resenha me deixou bem empolgada pela leitura.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  14. Eu estou louca para ler esse livro e adorei ver a sua opinião sobre ele, eu acho que é um tipo de leitura que me deixaria viciada e que eu não largaria até terminar de ler.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem Kah?

    Parabéns pelas fotos, você arrasou! Eu confesso que não conhecia esse livro, pelo menos eu não lembro de ter lido alguma resenha sobre "Um Reino de Sonhos". Parece ser uma bela leitura, vou indicar para as meninas do blog. Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Oi Kah, como está?
    Já li uma resenha desse livro, mas não tão apaixonada como a tua, o que já me deixou bem instigada para futuramente querer realizar a leitura apesar de que romance de época não é bem meu gênero favorito. Mas quero mudar isso porque gosto de variar o que leio e ultimamente anda difícil algo me prender como eu desejo.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://www.galaxiadeideias.com/
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir