23 de mar de 2018

Resenha: Um sedutor sem coração





Ai que delicia que foi poder matar a saudade de uma das minhas autoras favoritas. Claro que estou falando da Lisa Kleypas. Desde agosto eu não tinha nenhuma novidade dela na minha estante e fiquei mais do que feliz quando obtive esse livro para saciar minha saudade, vamos ver então o que achei dele. 


Título: Um Sedutor sem Coração
Autor(a): Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano de Publicação: 2018
Gênero: Romance de Época
Nota: 5/5
Sinopse: Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.
A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.
Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.
Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?
Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.


Aqui vamos conhecer a história do Devon Ravenel, um dos mais notórios libertinos de Londres que não quer nada com a vida a não ser curtir cada dia. Sem perspectiva de se casar, ter família ou quaisquer responsabilidades vê seu mundo mudar do avesso quando ele herda um condado. Sim, seu detestável primo morre e Devon é o único que herda todos os problemas, já que o condado está afundado em dividas sem fim. 

De imediato sua intensão é vender tudo, pagar as divida e continuar a seguir com sua vida. Mas o que ele não esperava era encontrar a viúva do primo e suas três irmãs mais novas morando na casa. Uma viúva que só ficou casada por três dias com o detestável primo e mais três primas que nem ao menos para a sociedade foram apresentadas. O que era uma tarefa fácil se tornou quase impossível agora. 


Katheleen é a viúva mais brava que eu conheci recentemente. Apesar de ter pouco, mais muito pouco tempo de casada e agora um longo tempo para o estado de viúva ela pega as irmãs de seu falecido marido e toda a propriedade e coloca em seu seio de proteção. Agora imagina a irá dela ao descobrir que Devon que vender tudo sem nem ao menos se preocupar com algo, ou conhecer realmente tudo que herdou. Sem dúvidas teremos guerra debaixo deste teto em que ambos habitam. 

Eu amei poder acompanhar essa história, foi uma delicia poder matar a saudade como já disse, mas acima de tudo poder ver a energia que esses personagens transmitiam. Katheleen foi criada para ser a dama perfeita, e jamais, jamais acreditar em qualquer canalha que lhe aparecesse na frente, já Devon tem como único objetivo seduzir a “pobre” viúva e tomar ela como sua amante. 

"- Conheço muitos fatos científicos sobre o coração humano, e um deles é que é muito mais fácil fazer um coração para de bater em definitivo do que evitar amar a pessoa errada."

Bom, fácil não será, e se ele vai conseguir, só lendo para saber. Agora outra coisa que me encantou muito nesse livro e posso dizer com convicção foi a forma como Lisa abordou não só o romance em si, mas as questões econômicas que todos os aristocratas estavam começando a viver na época. Desde os primeiros livros que li da autora pude notar que ela sempre coloca em destaque a forma como os aristocratas estão trabalhando. 

Na primeira série: As estações do amor. Notamos que a aristocracia ainda está em força total, apesar de termos alguns aristocráticos se rendendo ao capitalismo não é uma coisa tão as claras. Na sua segunda série: Os Hathaways. Podemos conferir que a aristocracia já não tem mais tanto poder como sempre julgou ter. Mais empresários mais “falsos nobres” surgem. Pessoas que não nasceram em berço de ouro, mas que são extremamente ricos. E agora nesta terceira série que eu já estou mais do que desesperada pelo próximo volume notamos que estamos à beira de uma revolução industrial. Cada vez mais as pessoas que vivem em zona rural que era a maior fonte de riqueza dos nobres partem para a cidade para trabalhar em fabricas e ganharem mais dinheiro sem depender de um senhor das terras. 

"Depois de apenar alguns minutos na companhia de Devon Ravenel, Katheleen não teve mias duvidas que todos os rumores que ouvira sobre ele eram verdadeiros. O homem era um idiota egoísta. Um, patife repulsivo e rude. Mas era lindo... isso ela precisava admitir." 

Eu realmente amei poder notar isso nessa história, e na verdade depois claro do meu devasso foi o que mais me encantou em tudo, e eu sinceramente como já mencionei, mal vejo a hora de poder conferir o próximo volume e ver que mais surpresas essa linda autora nos guarda. Espero que tenham gostado das minhas considerações e que acima de tudo: leiam. Tenho certeza que não ira se arrepender. Se é fã de romances de época eu sei que vai amar em absoluto, e se você não é fã, dê uma chance, vale a pena sim. 

Beijos

14 comentários:

  1. Antes de mais nada, quero elogiar essas fotos. Amei a composição fotográfica e as cores <3
    Bom, nunca li nada da autora e tenho vontade, pois faz tempo que não leio nada do gênero. Até comprei alguns livros, mas ainda não tive a oportunidade de iniciá-los.
    E lendo sua resenha, fiquei com mais vontade de ler hahaha

    Beijos
    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A muito obrigada, adoro quando reparam nas fotos. rsrs
      Ai se já tem livro da autora, leia por favor vale super a pena é muito bom, não tem como não se encantar.

      Beijos

      Excluir
  2. Oiie. Eu já vi várias pessoas falando destes livros e sempre fico com a sensação de talvez entre gostar ou não. Gostei de ver tuas considerações de modo positivo sobre esta obra. Fico com vontade de ler, mesmo que ache que vá odiar a personagem feminina. Ranzinzas não são comigo. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A não odeie ela, tem seus motivos para ela ser assim, e nem em todo momento elas é ranzinza, conforme vai lendo você até acha graça.

      Beijos

      Excluir
  3. Oi!
    Me parece ser um livro incrível, com uma história muito gostosa de se ler. Adorei sua resenha e suas fotos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A que linda, obrigada pela visita e que bom que gostou.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá!
    Eu amo a escrita da Lisa. E me encantei com esse primeiro livro da série Os Ravenels. E mesmo ela já tendo iniciado outros personagens nessa trama, achei a química dos dois maravilhosa.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Ainda não li nenhum romance de época, mas é uma das minhas metas pra este ano. Não conhecia este ainda, mas adorei tua resenha e fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir
  6. Eu não sou muito chegada nesse gênero literário, mas leio de tudo no final das contas. Gostei muito da sua resenha e como você falou da obra! Não sei se vou gostar, claro, mas curiosei!

    ResponderExcluir
  7. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro, mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura!! Não sou grande fa do género...

    Mas fiquei curioso! Ainda bem que notaste uma diminuição do poder da aristocracia ao longo da historia...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  8. Oiii,

    Adoro os livros da Lisa, mas ela não é Minha autora de romances de época preferida. De toda forma esta é uma estória que obviamente eu quero e preciso conhecer porque realmente parece ser incrível e tenho certeza que irei me apaixonar.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Kah, tudo bem?
    Eu não li nada dessa autora até hoje, mas tenho muito interesse para ler, pois eu gosto muito da forma como ela escreve, por todas as resenhas que li até hoje. Eu gostei muito da forma como você apresentou a história e por esse livro estar a beira da revolução industrial, gosto desse tema e estou preocupada para saber como as coisas são trabalhadas, vou anotar a dica para ontem!
    Amei sua resenha, como sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá! Menina pra começo de conversa já me deparei com essa foto linda que começa a resenha seguida de tanto amor e carinho pelo livro, cimo não ficar com vontade de ler um livro desses hahaha

    Amei a resenha e como a autora nao foca só no romance em seus livros, foi a parte que mais me chamou a atenção! Obrigada pela dica!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  11. Olá, gosto muito dos romances de época da Lisa, inclusive por isso de ela mostrar essa diminuição de poder dos aristocratas. Estou com o meu exemplar desse livro aqui e bem animada para ler.

    ResponderExcluir