Resenha: Amor Imenso

escrito por - terça-feira, junho 27, 2017


Minha nossa, o que eu vou falar desse livro para vocês? Ele é lindo, perfeito, apaixonante. Amor imenso para mim foi uma delicia de se ler, foi meu primeiro contato com a autora Penelope Ward, mas não será o ultimo isso eu garanto. E o porquê não será o último? 

Vou lhe explicar. 

Título: Amor Imenso
Autor(a): Penelope Ward
Editora: Essência
Páginas: 272
Ano de Publicação: 2017
Gênero: Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais
maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?


Assim que solicitei o livro fiquei um tanto receosa, autora nova, sempre escutou muitos elogios, mas nem sempre eu gosto de confiar nos elogios. Porem ao ler a sinopse eu fiquei muito curiosa sobre que seria o tal passado entre o casal. O que tinha levado a separação deles anos atrás. Seria algo muito sério ou simplesmente um mal entendido? Bom, não irei dizer o grau da situação, mas posso falar que foi plausível a reação. 

O livro é contado pelos olhos de Amélia, ou Tapa, (quem ler ira entender). Desde muito nova vivia na casa da vó em uma ilha, sua mãe que morava na casa ao lado nunca dava muita atenção à filha e com isso Amélia sempre se virou sozinha sem se preocupar com o que a mãe achava. Até que um dia conheceu Justin, um menino da mesma idade que ela que sua vô havia pegado para cuidar depois dos horários da escola. Já que seus pais viviam ocupados e sem tempo para ele. 
"Era como se meu coração batesse na boca. Saí pela porta da frente e corri sem rumo pela praia. Em um momento, mais o menos um quilômetro depois, tive que parar para respirar, embora quisesse continuar fugindo. Fiquei tão fascinada com Justin que esqueci o enjoo que estava sentindo naquela tarde."
A amizade entre os dois foi instantânea, foi algo que foi se prolongando ao longo de quase 5 anos, e quando chegaram na adolescência,  todos aqueles hormônios que bem sabemos como são, deixaram eles em situações bem embaraçosas e constrangedoras, mas como cada um deles tinham seus dilemas e segredos acabou que um fato como eu disse anteriormente, separou eles, deixando principalmente Justin muito magoado, fazendo com que ele jurasse nunca mais querer nenhum contato com Amélia. 

Depois de alguns anos a avô de Amélia acaba morrendo e deixando em seu testamento uma casa, mas essa casa não seria inteiramente de Amélia, ela teria que dividir logo com quem? Com um homem que ela não via há 10 anos e que sabia que ele absorvia grande ódio por ela em virtude as ações dela no passado.  Hostilidade, birras, orgulho, teimosia, foi tudo que ambos encontraram um no outro. 


Mas será que um sentimento de amizade tão forte como era, e um sentimento de amor tão grande que ambos guardaram dentro de si não voltaria à tona? Dias difíceis estavam por mim, principalmente para Amélia, e agora mais do que nunca ela necessitava de um apoio, será que Justin estaria disposto a dar esse apoio ou ele faria como ela fez anos atrás e simplesmente viraria as costas? 

Como eu já disse no inicio da resenha eu AMEI esse livro, um enredo bem fluido, leve, apaixonante me foi apresentado, então eu não fui capaz de soltar esse livro enquanto não terminasse.  Confesso que no inicio achei que não iria gostar que o “drama” seria chato. Porém mordi a língua drasticamente, pois a autora soube desmembrar bem o enredo com os personagens principais. A única coisa que não gostei é que somente no epilogo temos uma visão de Justin, de seus sentimentos. Como bem sabem eu adoro saber a visão do boy sobre o que está acontecendo, e nesse livro temos sempre, somente, a visão de Amélia. Mas não seria por esse motivo que eu deixaria de recomendar o livro.
 "O pensamento brotou no meu inconsciente. De tempos em tempos, as três palavras brincavam na minha cabeça quando estava com ele. Eu amava Justin, amava como sempre havia amado. Mas precisava controlar esses sentimentos, senão a decepção seria enorme."
Apesar de ter achado no inicio que o livro seria sexo puro ele não foi bem assim, na verdade o livro tem muito desejo, tensão sexual, mas o sexo em si não. E quando tem é uma coisa tão fluida e rápida que para aqueles que não gostam de hot não iriam se incomodar, vejo mais o livro como um New Adult na verdade. O futuro nesse livro é imprevisível as vezes, na verdade não posso falar o que acontece realmente com esse casal pois seria um enorme Spoiler, mas posso falar sim que vale a pena dar a chance. Uma leitura confortável, relaxante e que vale a pena ser lida. Tanto que ao terminar fiquei profundamente triste por ter acabado, por mim teria mais umas 100 páginas e eu não me incomodaria em nada. 

Beijinhos

Você vai gostar de ler...

11 comentários

  1. Adorei sua resenha.. To super curiosa para ler esse livro, amo quando tem drama no meio do romance! ☺️ No início do ano li 2 livros da Penélope e amei. Foi uma ótima experiência.. Adorei a escrita dela!! Às vezes também fico querendo saber mais sobre a visão do "boy" hahaha..

    Beijos,
    Jocasta
    www.curtaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá adorei a premissa do livro, pelo que vi é um romance bacana, com escrita bem desenvolvida, uma leitura que com certeza eu realizaria, anotei a dica, gostei muito da sua resenha, detalhista mais não de forma negativa, uma escrita leve de fácil entendimento, te acompanhando por aqui, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eita! Amei a resenha até por conta de vc ter quebrado a cara rsrsrs
    Isso já acionou um gatilho no meu cérebro de que o livro é mara!
    E mesmo no momento estar avessas a romances românticos vou deixar na listinha! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Karine!

    Adoro livros hot e pela sua resenha estou bastante curiosa sobre ler,pois iria ser um romance diferente, já que tem mais tensão sexual...

    Bela Quimera

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que curtiria esse livro, amo romances assim mas sempre fico meio receosa na hora de ler.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Oie
    não é um livro que chamaria a minha atenção por conta do gênero e até mesmo pela capa, ando focando em outros tipos de leitura mas bem legal sua resenha, parabéns

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Tive a impressão de que esse livro não faz bem o meu estilo :\ Tenho uma certa tendência a livros que prendem o leitor numa só perspectiva. Quem sabe um dia eu dou uma chance, né? :P

    ResponderExcluir
  8. ‘mas nem sempre eu gosto de confiar nos elogios.’ Eu também não, por isso sempre dou uma foleada no livro antes de comprar e respeito minha ideologia de vida, para não extrapolar e comprar algo simplesmente por comprar, meu dinheiro não suporta isso. Acho que por todos os elementos que você citou, vejo mais um sucesso nesse livro.

    ResponderExcluir
  9. Oi Karine,
    Também li Amor Imenso e gostei muito! Leia a resenha que fiz para o livro da Penelope Ward no link abaixo. Totalmente indico para quem gosta de romances com uma pitada hot. Quero ler Meu Meio Irmão, último lançamento da autora no Brasil.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos
    http://www.garotosperdidos.com/2017/05/roomrate.html

    ResponderExcluir
  10. Mais um erótico, mais um que quero! Vamos parar, mundo? Gostei da resenha e fiquei interessada. Vou procurar outras opiniões e no Skoob, inclusive. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Leia mesmo outros livros da autora porque ela é demais. Uma das minhas favoritas no gênero, ainda não tive oportunidade de ler Amor Imenso mas espero mudar em breve. Gostei bastante da sua resenha e ela me instigou ainda mais a conhecer o livro <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir