Resenha: Redenção de um Cafajeste - Trilogia Redenção #1

escrito por - quarta-feira, janeiro 04, 2017


Título: Redenção de um cafajeste
Autor(a): Nana Pauvolih
Editora: Fabrica 231
Páginas: 560
Ano de Publicação: 2015
Gênero: Romance/ Erótico
Nota: 5/5
Sinopse: Pioneira da autopublicação no segmento erótico nacional, com mais de um milhão de visualizações de suas histórias na plataforma online Wattpadd e sucessivos primeiros lugares na lista dos e-books mais vendidos da Amazon, Nana Pauvolih estreia na Rocco com a trilogia Redenção, um de seus maiores sucessos. Lançamento da coleção Violeta, do selo Fábrica231, Redenção de um cafajeste, o primeiro volume da série, conta a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e se envolve com um empresário sem escrúpulos. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.
Em Redenção de Um Cafajeste, a autora narra a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e que conhece um empresário, dono de uma das revistas masculinas mais escandalosas do país. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário. 

Este é o primeiro livro da trilogia Redenção e vem nos contar a história de três amigos que se conhecem desde a infância. Mas, neste livro vamos conhecer o mais cafajeste até o presente momento para mim. Arthur Moreno, muito rico, lindo, maravilhoso, e... um belo de um cafajeste. Nada na vida é perfeito né?! Tem que ter um porem em tudo, vida injusta, vida ingrata.

Acostumado a ter tudo do seu jeito, a palavra “não” simplesmente não existe no vocabulário deste empresário controlador, e incrivelmente sexy. Criado pela sua vó, sempre foi tratado como um rei, daí seu apelido, “reizinho”. Cresceu ouvindo de sua vó (o mulher que me irritou por boa parte da leitura) sobre o casamento em ruínas do filho (pai de Arthur), e sempre falando que qualquer mulher que chegasse nele deveria ser tratada como um ser descartável, indigno de atenção, carinho e acima de tudo respeito.
" Era deliciosa, a mulher mais linda que vi na minha vida. Tudo nela me deixava doido, seu corpo, seu rosto, seus olhos, sua voz, seu cheiro, seu jeito. Não me lembro de um dia ter ficado tão excitado, tão embriagado pelas sensações vorazes e extasiantes."
E foi assim que ele cresceu, com os princípios que sua vó ficou por anos repassando em sua cabeça. Mas tudo pode mudar não é mesmo? Ao conhecer a encantadora, determinada e bem da brava Maiana, Arthur decide que precisa ter essa mulher, custe o que lhe custar, conquista-la, usá-la, somente para colocar mais uma na lista.

Mas o mundo dá voltas. E nessas voltas para ter essa belíssima mulher de 21 anos que planeja crescer na vida com sua própria luta, determinada, estudiosa e trabalhadora, se vê loucamente apaixonado por ela, então o que começou com um crescimento de ego, se transformou em uma paixão ardente e arrebatadora.


Maiana mora com sua mãe e irmã (com uma irmã daquela quem precisa de inimiga), faz faculdade de história. Seu sonho? Ser professora. Com uma relação muito delicada com sua família sempre se sentiu como a desencaixada, muito bonita, sua mãe mais do que interesseira sempre fala para Maiana usar sua beleza para dar o golpe da barriga em um milionário. Coisa da qual Maiana tem aversão e acha repugnante. Já sua irmã é outra história, a desmiolada, interesseira tanto quanto a mãe, segue os ideais de que tem que agarrar um milionário para se dar bem na vida.

Por um mero acaso Juliane, (irmã de Maiana) conhece Arthur, e sabendo do encantamento que ele se encontra pela irmã mais velha Juliane faz um trato com Arthur para ele se fazer de bom moço e assim conquistar a meiga Maiana. Só que mais uma vez o mundo dá voltas e mentira sempre tem perna curta.
"Ele me olhava duro, sério, como se quisesse ler a minha alma. Eu sabia que sofreria horrores, que não o esqueceria jamais."
Nana construiu uma redenção tão impactante para Arthur que fica quase que impossível não sentir tudo que ele sente, a angustia de ver tudo que está perdendo, a luta para reaver tudo que perdeu, o descobrimento de sentimentos dos quais ele imaginou nunca ter em sua vida, mas que na verdade tinha. Foi muito gostoso mesmo acompanhar a evolução desses personagens que se tornaram tão amados por mim.

Este foi o meu primeiro contato com a escrita da autora, e eu simplesmente amei, apesar do livro ter quase 600 páginas eu não notava elas passando, simplesmente me desliguei do mundo e em um dia eu li quase 400 páginas. A forma simples e objetiva que a história é apresentada simplesmente não nos permite abandonar. Outro fato que amei, foi que o livro não é dividido por capítulos, na verdade ele é dividido por visões, ora de Maiana, ora do reizinho, ops, Arthur. Então mais um ponto para uma leitura fluída.

Uma diagramação, uma revisão tão bem-feita que simplesmente não encontro defeitos para o livro, bom, talvez um. Bem que poderia ter mais páginas né? Rsrs

Imaginei um livro muito hot, e não encontrei tanto hot como já tinha escutado falar, é claro que existem seus momentos de cenas bem intensas, mas perto de muitos livros que já li, este não tem todo esse sexo que muitos falam.

Indico o livro principalmente para aqueles que adoram um bom romance com uma pitada a mais, conhecer o Arthur é necessário, na verdade, é obrigatório!!! Rsrs

Beijinhos

Você vai gostar de ler...

15 comentários

  1. Oi, Kah. Adoro esse livro da Nana, inclusive falta o terceiro para eu terminar a série. Também achei legal a premissa do livro, mas confesso que o fato da Maiana ter demorado para perdoar Arthur me irritou muito. Fora isso, o livro é maravilhoso!
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Já ouvi falar da trilogia, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre seus livros.
    A premissa me deixa bem intrigada e tenho certeza que também irei odiar a avó de Arthur quando fizer a leitura pelos ensinamentos que passou a ele sobre como tratar uma mulher!
    Adorei saber suas impressões e já anotei a dica, principalmente por ser nacional!

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Kah, eu já li uma outra resenha desse livro com o mesmo ponto de vista do seu. Hot mas nem tanto. Eu ainda não li e na verdade não me interesso muito por esse tipo de leitura, mas fica a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Káh,

    Estou louca para ler um livro da autora, mas ainda não tive a chance. Gostei de ler suas impressões e acho que iria adorar essa história, o trabalho gráfico do livro também parece muito bom. Adorei a dica!

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Olá Kah, ainda não tive a chance de ler nada da autora, mas pela sua resenha mesmo esse não sendo um livro do gênero que sou acostumada a ler eu fiquei bem curiosa para saber como a autora trabalhou a evolução dos personagens e o romance em si =) Dica anotada.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Vendo a capa assim eu também imaginei um livro bem hot... a capa meio que engana né?
    Gostei do conceito de superação, e lógico uma escrita boa sempre ajuda passar mais rápida a leitura.

    http://euinsisto.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Devido a alguns traumas literários do gênero erótico, tenho suspendido as leitoras do mesmo. Mas, claro que deixarei anotado a dica, já que esta não é o primeira resenha positiva da obra. Gostei da resenha.
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  8. Oi, como vai?
    No momento não é o tipo de livro que eu leria, mas vou anotar a dica para ler futuramente!
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Esse livro foi uma das minhas decepções de 2016. A capa é maravilhosa e o enredo da historia é bom, mas na minha opinião a autora não soube desenvolver bem. Tudo pareceu muito forçado, tinha cenas que eu tinha que parar de ler para revisar os olhos de dizer Serio? Não achei a escrita da autora boa e por isso nem comprei os próximos da serie. Infelizmente para mim essa leitura não fluiu, mas fico feliz que você gostou.

    ResponderExcluir
  10. Já tive esse livro nas mãos e não li, não sei por qual razão. Acho que na ocasião não era o gênero que eu buscava. Gostei da sua resenha e espero ter a chance de ler outra vez! Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Não leio livros eróticos,mas gostei de saber que os personagens evoluem. parece ser ótimo para quem curte o gênero.
    Bjus

    ResponderExcluir
  12. Hey! Só pela capa acho que já dá para ver que é hot né, mas li sua resenha só para confirmar mesmo, vou deixar essa dica passar pois não leio livros assim, rs. Beijos! http://flornooutono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    É o tipo de livro que atrairia a minha atenção, principalmente pela capa e depois pela sinopse, mas depois de ouvir alguns comentários a respeito dos livros da Nana vi que vou encontrar muitas coisas que podem não me desagradar, então resolvi dar uma adiada na leitura.
    Ótimo post.
    Abraços Mary;)

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Estou loca por este livro, ainda mais agora sabendo do impacto da redenção e como gera empatia pelo personagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Esse não é bem o tipo de enredo que eu gosto de ler, mas eu me interessei pelo livro e acho que não custa dar uma chance.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir