Resenha: A Herdeira

escrito por - segunda-feira, junho 06, 2016


Título: A Herdeira
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 391
Ano de Publicação:
Gênero: Distopia /Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais. Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia. (SKOOB)
Esta resenha foi publicada por mim no blog:  Eu Pratico Livroterapia





Resenha: A ideia é que a leitura de A Herdeira seja feita após os três primeiros d'A Seleção.
Se você não leu os livros anteriores, cuidado pois inevitavelmente há spoilers deles!
Illéa, depois de 20 anos de calmaria, onde Maxon põe fim às castas, novamente se vê em meio à desaprovação do povo, dessa vez o problema são as heranças que décadas de castas deixaram, como a falta de adaptação de quem era de uma casta alta, tendo que conviver com quem era de casta baixa e que agora tem oportunidade de estudo e trabalho iguais e para tentar "distrair" o povo, o pai de Eadlyn sugere algo que ela cresceu sabendo que não teria que participar: Uma Seleção!
"Minha mãe era Cinco, meu pai, Um. Não fazia sentido, até porque não havia nenhum sinal externo dessas divisões. Como eu iria saber se estava do lado e um Seis ou de um Três? Aliás, porque isso importava?"
Contrariada, ela aceita com algumas condições, entre elas, o tempo máximo de 3 meses e a garantia que ela não precisaria casar com ninguém no final, caso não quisesse. Trato feito, Seleção à vista!
"Fiquei tão feliz quando chegamos à sala de estar. Como meu pai tinha aguentado? Como tinha conseguido peneirar todas aquelas garotas até encontrar uma esposa? Conhecer uma pessoa já estava me deixando exausta, e nosso encontro ainda não tinha durado nem cinco minutos."
E lá vem 35 candidatos ao palácio, entre eles, misteriosamente Kille, justamente o filho da grande amiga da mãe da princesa: Marlee, que cresceu no palácio! Além disso, junto com os 35 candidatos vem junto, Eric. Ele é tradutor de um dos meninos que não fala a língua de Eadlyin. Poderia complicar mais? Ah é! Poderia...a aceitação pública da princesa é nula, o povo não gosta dela, pelos mesmos motivos que o leitor, ela é mimada é superficial.


Eu vi a maioria das pessoas nas resenhas que li falando de quanto acharam a menina mimada e de quanto não gostaram dela! Pois bem, eu reli esse livro agora e na primeira leitura achei o mesmo. Porém depois que reli toda a série, a impressão que tive foi outra!

Sim, ela é mimada e completamente diferente da America, mas poxa, a criação de uma pessoa não se baseia só em quem a criou e sim em como foi criada e o mais importante: onde! E vamos combinar que crescer em um palácio, cercada de luxos e sabendo que ela será a primeira rainha de Illéa não contribuí para que Eadlyn tenha a força de America, e nem a do Maxon que foi criado a chibatadas, mas criou a filha na base da confiança e do carinho não é?

"A Seleção estava me tornando uma mula! Por isso o amor é uma ideia terrível: ele enfraquecia as pessoas. E não havia nenhuma pessoa no mundo tão poderosa quanto eu."

Então sim, minha visão mudou na releitura e eu pude entender melhor o que a autora quis fazer ao criar a irritante Eadlyn, tudo isso é perfeitamente justificável ao longo da narrativa.

Fiquei feliz por encontrar aqui America e Maxon 20 anos depois, eles agora formam um casal feliz e lindo, que têm 4 filhos, um deles, gêmeo de Eadlyn, só que 7 minutos mais novo, o que não lhe deu a coroa. Marlee é o marido que vivem no palácio com os dois filhos. Encontramos, pasmem: Aspen! Casado e chefe da guarda do palácio, em outras palavras, amigo e homem de confiança de Maxon.


Além de vários personagens que tanto nos cativaram antes, e eu adorei isso! Claro que por mim a série tinha acabado enquanto ainda era uma trilogia né, mas não foi o caso e eu não sentia necessidade de mais histórias nesse universo, só que quando comecei a ler e me deparar com personagens conhecidos, mesmo que num segundo plano, eu comecei a gostar mais e mais e agora posso dizer que enquanto dei no máximo nota quatro antes, agora me sinto a vontade para dar cinco!



Li em ebook, como a maioria das minhas leituras são e lá não encontrei erros, não cheguei a ver pessoalmente o livro, mas a capa, praticamente igual a todas dos livros da autora, é bem bonita.

Eu recomendo a leitura, apesar da chatice e dos mimimis da Eadlyn e de alguns selecionados que vão dar o que falar, conseguindo até expulsão, é uma leitura bem leve. Com exceção do final que foi destruidor!!!!!! Ainda bem que A Coroa já está aí!!!!


Resenhas:
A Seleção: AQUI
A Elite: AQUI
A Escolha: AQUI






Você vai gostar de ler...

16 comentários

  1. Olá
    Olha a Eadlyn me irritou profundamente, tive vontade de soca- lá em vários momentos, mas em a coroa começo a ver esse lado dela que você apontou, vendo que a criação dela é totalmente diferente do que os pais dela tiveram.
    Muito boa a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise!
    Eu ainda não li A Herdeira. Tenho aqui, mas ainda não decidi se quero continuar. Achei o final de A Escolha tão perfeito que não queria que tivesse continuação. Desanimei um pouco mais quando descobri que a filha da America e meio mimada e chata, ai to esperando um momento de maior força pra finalizar, mas ainda não decidi :(

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Um tipo de leitura que eu nunca senti vontade de ler. Talvez numa próxima. Mas parabéns pela sua resenha ^^

    ResponderExcluir
  4. Nunca tive vontade de ler essa serie. Tem alguma coisa nessa historia de competir pra casar que me incomoda muito. Falar que guria ai e uma chata piora ainda mais... nao leria mesmo. O D E I O personagens enjoadas que me dao nos nervos, mesmo se tivesse interesse em ler a serie, nao ia terminar de ler por causa dela.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Oiii Denise, tudo bem?
    Infelizmente essa é uma das obras que não tenho muito interesse em realizar a leitura, já tentei em algumas vezes, mas a série não me agrada. Pularei a dica da vez. Fico contente que tenha gostado!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise
    Eu nunca tive vontade de ler essa série, sei lá acho que essas capas princesas não me agradaram logo de cara, e depois o enredo Reality Show também foi outro fator que não me desceu muito bem. Tenho uma amiga que vira e mexe fala para mim que eu tenho que ler, mas sei não.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu morro de vontade de ler todos esses livros da série,mas ainda não pude comprar. Todos me falam super bem deles e sua resenha só me comprovou o que eu pensava . Adorei. Beijos.

    Treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. OI, Denise
    Que bom que gostou do livro. Eu ainda não li a série e não sei quando vou ler (acho que vai demorar).
    Todos falam mesmo sobre o final já ter acontecido com a trilogia, e como não li não entendo muito quando as pessoas falam isso rs
    Só lendo para que eu possa opinar né. Mas fico feliz que foi uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  9. Oioi! Tudo bem?
    Acredita que ate hoje nao li nada da Seleção?!
    Acho as capas lindas e ja ate sei os final de todos os livros, mas é falta de tempo mesmo.
    Adorei conhecer mais do livro A Herdeira, é uma das capas mais lindas.
    Essa filha é mto chata nese livro, eu que nao li o livro, ja acho ela insurporatavel, haha.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Ooi! Já li tantas resenhas sobre os livros dessa "série", mas mesmo assim eu não consigo gostar da ideia :/ Acho as capas lindas (menos a do último livro rs), até acho o mundo criado interessante, mas alguns personagens não colam e agora com a filha que todo mundo não suporta (em sua maioria hahaha) já foi-se as chances de eu poder ler todos. Mas, parabéns pela resenha!
    Bjs e boas leituras.

    ResponderExcluir
  11. Oie! Eu acabei de ler A Herdeira e A Coroa. Eu fui uma das que achei a Eadlyn mimimizenta e meio chata, mas depois fui entendendo o peso da responsabilidade que ela tinha e, como você falou, o lugar onde ela nasceu e cresceu, e a educação que teve... Tudo isso tornou ela daquele jeito que, ao conhecer tantas pessoas novas, ela foi de certa forma relaxando e baixando aquela guarda que tinha.
    Bjks
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, Denise
    Eu quero muito ler essa série, acho as capas lindas e já imagino como vou amar
    Ainda bem que o próximo livro está lançado para você começar logo.
    Que final foi esse??? rsrs
    beijos
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  13. Oie
    noss,a está sendo minha leitura do momento e estou adorandooooo a continuação da série, espero poder ler logo A Coroa e finalmente terminar essa série maravilhosa, muito legal sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, já estou sentindo saudade da série e dos personagens...
    Conferi o último livro e mesmo com America e Maxon nos bastidores eu curti Eadryn. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  15. Olá Denise!!!
    Eu ainda estou com o objetivo de reler a série e só poderei dizer se a Eadlyn é realmente mimada, após reler o livro.
    Eu tenho uma queda pela série e por isso sou meio suspeita ao falar, posso dizer que tenho minha torcida para um dos selecionados e claro quero saber se estou certa se ele será o escolhido.
    Esse livro acabou bem tenso e tenho que ver a continuação logo.
    Parabéns pela resenha e até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu nunca li nada da autora, mas sempre ouço muitos elogios a essa série. Acho essa capa lindíssima, aliás, como a maioria das capas da série. A única que não gosto e do livro A Coroa. Gostei da sua resenha, talvez eu comece a leitura da série em breve.

    Tatiana

    ResponderExcluir