Gutenberg

Resenha: Uma Noite Para se Entregar

09:00


Título: Uma Noite Para Se Entregar
Autor(a): Tessa Dare
Editora: Gutemberg
Páginas: 288
Ano de Publicação: 2015
Gênero: Romance
Nota: 5/5
Sinopse: Spindle Cove é o destino de certos tipos de jovens-mulheres: bem-nascidas, delicadas, tímidas, que não se adaptaram ao casamento ou que se desencantaram com ele, ou então as que se encantaram demais com o homem errado. Susanna Finch, a linda e extremamente inteligente filha única do Conselheiro Real, Sir Lewis Finch, é a anfitriã da vila. Ela lidera as jovens que lá vivem, defendendo-as com unhas e dentes, pois tem o compromisso de transformá-las em grandes mulheres descobrindo e desenvolvendo seus talentos.
O lugar é bastante pacato, até o dia em que chega o tenente-coronel do Exército Britânico, Victor Bramwell. O forte homem viu sua vida despedaçar-se quando uma bala de chumbo atravessou seu joelho enquanto defendia a Inglaterra na guerra contra Napoleão. Como sabe que Sir Lewis Finch é o único que pode devolver seu comando, vai pedir sua ajuda. Porém, em vez disso, ganha um título não solicitado de lorde, um castelo que não queria, e a missão de reunir doze homens da região, equipá-los, armá-los e treiná-los para estabelecer uma milícia respeitável.
Susanna não quer aquele homem invadindo sua tranquila vida, mas Bramwell não está disposto a desistir de conseguir o que deseja. Então os dois se preparam para se enfrentar e iniciar uma intensa batalha! O que ambos não imaginam é que a mesma força que os repele pode se transformar em uma atração incontrolável.



Olha, que livro viu, eu até agora me encontro sem palavras para descrever a vocês o que senti sobre ele, um livro que foi indicação de uma amiga blogueira, do qual não vi até hoje nenhum outro blog falar sobre, somente o dela, mas como sempre ela sabe o que me indicar. Vamos conhecer então um pouco mais sobre está história.


O livro começa mostrando Susanna Finch, uma dama de 25 anos, muito bem afeiçoada, que demostra ter o controle de tudo que há cerca, muito inteligente e curiosa sobre diversos assuntos, mora em Spindle Cove uma cidade no interior da Inglaterra destinado a jovens que estão querendo descanso da agitação da cidade, ou tentando abafar algum caso escandaloso que possa ter ocorrido ao longa de sua temporada em Londres, ou simplesmente se curar de alguma doença.
"Você realmente precisa frequentar mais as casas noturnas. Deixe-me esclarecer. Spindle Cove, ou Enseada das Solteironas, como a chamamos, é uma vila turística à beira-mar. Famílias boas mandam suas filhas frágeis para se recuperar aqui com o ar marítimo, ou quando não sabem o que fazer com elas." 
A cidade tem suas diversas finalidades, mas e conhecida mesmo como a cidade das solteironas, é a líder da cidade? Bom nem preciso dizer que é Susanna não é mesmo? Mora na cidade a mais de uma década por motivos não revelados no início, mas que está muito bem acomodada na cidade, é não irá permitir que nada é nem ninguém destrua essa paz que reina em sua cidade tão muito amada.

E que tal um grupo de soldados que estão tecnicamente perdidos no meio do nada é empacados no meio do caminho por um rebanho de ovelhas? E o líder? Tenente-Coronel Victor Bramwell, um homem que demostra desde o inicio ser muito sério e arrogante, com um único objetivo, ele quer voltar para o seu pelotão, depois de um ano afastado tudo que ele mais deseja e voltar aos campos de batalha e defender a Inglaterra de Napoleão.


Bom entre uma explosão de um rebanho de ovelhas, uma dama correndo para ver o que se trata todo aquele barulho, um homem querendo proteger a dama de danos por conta da explosão, eis que surge um beijo roubado, e depois disso, tudo pode acontecer.

Bram como gosta de ser chamado e um ferido de guerra, um homem que cresceu nos campos de batalha e que não consegue se ver em mais lugar algum a não ser nos campos, e se ver tirado dele e a morte por assim dizer. Numa tentativa de voltar "para o seu lar" tudo que ele não queria acontece, acaba por ganhar um título de nobre, coisa que não quer, uma cidade para cuidar, coisa que ele não quer, e uma milica para treinar, coisa que ele quer menos ainda.
"Seja só você, ele disse. Bram não queria que ela fosse diferente. Ele não queria que ela fosse outra pessoa. Ele só queria que Susanna fosse ela mesma."
E no seu encalço tem claro a destemida Susanna, determinada a querer esse homem o mais longe possível de sua cidade, pois sabe que ele ali junto com seu pelotão e sinal de confusão, mas o que fazer para isso ela ainda não descobriu, mas como dizem: Existem muita aguá para passar por debaixo dessa ponte.

Muitas aventuras acontecem entre esses dois, confusão atras de outra, é claro que uma hora o amor incutido por ela em relação a ele iria transparecer, agora a pergunta e: será que e correspondido? Eis a questão.


Esse foi o meu primeiro contato com a autora Tessa Dare, e garanto que não será a ultima. Com uma leitura fluida e encantadora me senti presa em uma cidade da qual eu não queria sair de maneira alguma, me garantido risadas, arrepios, é a satisfação de ver personagens tão obstinados evoluindo, eu já disse aqui antes mas repito, eu AMO ver o crescimento de personagem, e neste livro não vi só dos protagonistas mas sim de todos da história.

Foi ótimo de ver as duas visões já que Tessa trabalhou tanto a visão de Susanna quanto de Bram, mas o que mais gostei nela também é que ela já mostra um pouco de como será o próximo casal, com alguns capítulos intercalados dentro da história já sei que o segundo desta série promete, e muito viu.
"Pegue seu convite gentil e volte para casa com ele. Quando soldados e donzelas vivem sob o mesmo teto, coisas acontecem. E se acontecer da senhorita ficar debaixo de mim novamente..." - O olhar faminto dele percorreu o corpo de Susanna- "não vai me escapar tão facilmente." 
Com uma revisão impecável Gutemberg me conquistou mais uma vez com seu trabalho, a capa lina, delicada, e que lhe da curiosidade de porque do título, eu amei, amei aceitar a dica dessa amiga, e amei cada minuto da leitura, e realmente avassalador, uma diagramação de primeira linha, espero que todos sejam assim maravilhosos, e que me faça apaixonar por cada casal trabalhado.

E isto meus amores, espero que tenham gostado, e que dêem uma chance ao livro, pois sei que vai adorar, sua sensualidade, seu lado cômico, seu lado emocionante, simplesmente não tem como não amar.

Beijinhos



Você vai gostar de ler também...

22 comentários

  1. Nossa! Amei essa capa e me interessei pela história. Vai para minha lista. Parabéns, sua resenha é muito boa!

    http://cantinhodeleitura2.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, e que bom que está na sua lista, sei que vai adorar esse casal. <3

      Excluir
  2. Eu amo as capas dos romances de época da Gutemberg acho o trabalho deles incrivel, pela sua resenha o livro tem cara de ser muito divertido e gostoso de ler né? Já estou colocando aqui na minha listinha que de listinha não tem nada. rsrs

    www.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o livro e maravilhoso, vale muito a pena dar uma chance a ele, não tem como se arrepender.
      Quanto a "listinha".... e nois parceira. kkkk

      Beijos

      Excluir
  3. Nem preciso falar que esse livro já está na pilha né? Claro que tenho, e claro que vou ler.
    Gostei de conhecer sua visão sobre o livro.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dona leninha então va le, deixe seus 10000 mil livros de lado e pegue esse para ler, sei que vai amar.
      Obrigada pela visita.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá
    Gostei demais da resenha contou a história de uma forma muito interessante, mas não consegui me sentir muito atraida pelo livro.
    Beijinhos ^^

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ooi, Kah! Amei a sua resenha. Depois de ler mais livros de romance de época, minha paixão por esse gênero só está intensificando :3 Esse parece ser muito lindo e bacana, já que nossa mocinha não é lá a frágil, coisa que amo! Vou anotar a dica e espero ler em breve.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Eu não sou fã dos romances de época, então, eu não o leria. Mas vou recomendar às minhas amigas que gostam. Adorei as fotos, principalmente a das canetas.

    ResponderExcluir
  7. Olá flor, não conhecia a obra e confesso que pelo título não teria muita vontade de ler. Mas pela sua resenha a obra parece ser interessante e talvez eu venha a dar uma chance.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Olá!!

    Eu não conhecia.
    Adoro romances de época e esse já me conquistou. Com certeza vai para minha lista.
    Adorei sua resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Uau, a premissa do livro é maravilhosa!
    Não conhecia, mas já coloquei na lista, preciso ler urgenteeee.
    A capa eu não gostei muito não, mas eu não sou o tipo que julga o livro pela capa, então com certeza vou ler.
    Sua resenha ficou ótima.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Kah!!!
    A capa tá linda e a história parece fazer mesmo você se apaixonar pelo livro. A resenha ficou incrível e muito bem escrita, você explorou o livro em todos os sentidos :)
    É uma pena que não consegui me sentir atraída pela história, mas quem sabe um dia dou uma chance :)

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Bela resenha!! Eu confesso que eu não gosto de romances de época. Prefiro os contemporâneos. Se não leu, leia... Eleanor & Park. Adoro esse livro.
    Www.sonhosemtinta.com.br

    ResponderExcluir
  12. A Gutemberg está arrasando nesses livros e capas de romances de época. Gostei bastante desse, obrigada pela dica. ;)
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Kah,
    adoro romances de época, e esse parece ser maravilhoso. Mas preciso intercalar as leituras rsrsrs
    Vlw pela dica, agradece sua amiga :D

    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  14. Eu quase não leio romances de época. E essa é a primeira resenha que leio sobre o livro. Estou louca para entrar nesse mundo e me encantar. Esse livro parece ser maravilhoso mesmo. E a Gutemberg faz o seu melhor com as capas. Gosto muio de todas as artes rs
    Parabéns pela resenha.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá linda,

    Já falei que vou falir com romances e romances de época esse ano?HAHAHA.
    Sério! Tenho duas lista de desejados: Uma para outros gêneros e uma para romances e romances de época e essa segunda é imensa.

    Minha amiga ama a Tessa e me indicou os livros dela. Ainda não li porque ando bem ocupada para ler livros fora do meu cronograma, mas em outubro estarei lendo algo dela.

    Adorei sua resenha!
    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. ai esses romances!!!!!

    haha

    minha mãe está lendo esse livro, começou meio por curiosidade, mas agora ela disse que tá gostando, acho que vcs duas combinam....

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi. É cada dica de livros que eu pego de você, eu adoro ler suas resenhas e ver os livros que você ler, são cada romance melhor que outro, que fica difícil decidir qual ler primeiro. Esse é mais um que entrou pra minha lista de leituras. Obrigada!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Hello!
    Nunca li nada da Tessa Dare, mas essa premissa parece muito boa, embora eu não goste de romances.
    A combinação entre Susanna e Bram parece bem imperfeita, mas contando com o destino desses livros nunca se sabe, né?
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia a autora. Achei a obra muito instigante, como uma ótima premissa. Agrada-me muito saber que a revisão da obra é impecável. Dica anotada!

    Tatiana

    ResponderExcluir