3 de dez. de 2018

Resenha: O amor nas 4 estações


Sabe aqueles tipos de livro que no ambiente natural você não leria? Pois bem, eu não sou nada propicia a contos, poemas, crônicas e afins, mas de vez em quando é bom mudar né, expandir horizontes. E foi exatamente o que eu fiz ao ler "O amor nas 4 estações" e hoje nós vamos conversar sobre ele, preparados?! 

Título: O amor nas 4 estações
Autor(a): Victor Degasperi
Editora: Faro Editorial
Páginas: 176
Ano de Publicação: 2018
Gênero: Romance
Nota: 4/5
Obs: Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: O amor nas 4 estações é uma experiência do sentir.
Experimentar a vida em sua essência, valorizar cada momento, cada evento, cada cair de chuva, farfalhar de árvores. Sentir a vida, a alma, o infinito... tudo parece utópico e lúdico demais? Mas é um desafio diário de viver cada momento de verdade e com intensidade, e depois disso, tudo passa a valer a pena!
Um livro de crônicas sobre a vida e suas nuances, permeando as quatro estações do ano. Mais do que celebrar o amor, o autor nos desafia a a viver um ano inteiro prestando atenção aos detalhes diários que tornam a nossa vida uma grande aventura, e que muitas vezes, deixamos passar.
Victor aceitou esse desafio, e durante um ano viu a vida com os olhos de quem quer achar beleza em tudo, e isso mudou a forma como ele enxergou o mundo. E agora ele faz um convite para você viver a própria vida com intensidade, olhar o amor de outra maneira, de fazer uma releitura do nosso coração.
Sua proposta é de fazer uma leitura do nosso próprio coração. Este é um convite para viver, em profundidade, as nossas próprias estações.

Sabe aquele livro que te faz refletir e sorrir a cada página virada? São poucos os livros hoje que isso acontece não é mesmo? Como eu disse não sou de ler livros de crônicas nem similares, mas quando me chegaram com a proposta de um livro, um romance, em crônicas, separados pelas estações do ano, eu tive que topar a ideia. E ainda bem que topei e dei a chance. Posso falar antes de mais delongas que esta resenha não será uma resenha longa e toda detalhada, até porque a meu ver é um livro que tem que ser sentido, apreciado e não explicado, fora que ele se vende sozinho, porque minha nossa, se a Faro fosse fazer uma disputa de livro mais lindo do ano esse ganhava em desparrada.

"Qual mergulho a sua alma quer dar? Há oceanos imensos, assim como o que sentimos. Há quem insista em mergulhar em desertos. Há mãos que se encontram e continuam soltas. Precisamos encontrar mares que nos recebam e também dedicar os nossos mares a receber."
Cada estação é um tipo de amor de diferente, é uma mensagem que transborda e como eu disse te faz refletir e se apaixonar também, eu simplesmente não conseguia largar, depois de iniciado só parei depois de ler a ultima página, pois a emoção transbordou. A leveza do autor com suas palavras e colocações te fazem entrar em uma viagem entre as estações que não se nota, se sente.  


A intensidade colocada em cada palavra chega a ser impossível não se identificar com algo, pois ele relata a vida como é, com acertos e falhas, amores e desamores, ilusões e desilusões, é lindo, é um livro realmente que não tem muito o que falar mas muito a se sentir, então sim, eu recomendo demais esse livro ainda mais se você gostar de livros assim, pois sei que assim que pegar vai se apaixonar e não vai querer largar de forma alguma. 


"Já respiro mais leve, seguro as suas mãos com mais força e começo a acreditar que não há como dar errado quando queremos cuidar. Estou com você, confie em mim."

"Olha meu bem, a minha única vontade é poder dividir um pouco dessa vida com você, Eu não quero me importar muito com o depois."

“O novo sempre chega para os corações abertos”

Estas são só algumas das belíssimas ilustrações que tem nesse livro lindíssimo, quer ver mais? Que tal então adquirir ele? Tenho certeza que vai amar muito.

Beijos

13 comentários:

  1. Olá!
    Estou babando nessa edição. A Faro Editorial tem caprichado demais em suas publicações e da gosto de ter na estante.
    Adoro o tipo de leitura que nos faz refletir, acrescenta uma sementinha , mexe com nossas emoções.
    Tenho certeza que vou amar!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  2. Pulei muitas partes dessa resenha, pois estou com esse livro para leitura e quero uma completa surpresa. Já olhei o livro e me encantei nessa edição arrasadora.

    Vou ler em breve, aí poderei emitir uma opinião.

    Beijos.
    Lindas fotos, aliás.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Ahhh, eu sou doida por esses livros de crônicas que falam sobre sentimentos, então já estou de olho nesse desde que lançou, hahaha. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Ola!
    Também não sou de ler contos, poesias e etc e concordo que as vezes é bom mudar um pouquinho, por isso quero muito ler este livro. Só vejo criticas super positivas a ele e nem sabia que tinha ilustrações também. Adorei! Quero ler assim que possivel

    ResponderExcluir
  5. Que edição mais linda, gente!
    Eu gostei bastante de ver seus comentários sobre o livro e me interessei pela leitura, acho que é um livro pelo qual eu vou me encantar e espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  6. oii tudo bem ?
    nossa só pelas imagens fiquei apaixonada, fiquei bem curiosa em conhecer e tenho certeza que irei adorar, eu não leio muito conto e poesia mais acho que esse irei adorar confesso que fiquei doida por essa edição quero ela na minha estante de tão linda.


    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Eu também não gosto de ler crônicas,poemas e poesia mais eu entendo o que voce disse e tanto que esse ano eu li um livro de poesia, e estou querendo muito ler esse livro por agora eu esta dando uma chance e por ele ser lindo

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro contos e cronicas mas sinceramente nao dava nada por essa obra, nao antes de ler sua resenha, fico feliz demais em ver como essa edição ficou perfeita, das ilustrações até os contos, espero adquirir em breve!

    ResponderExcluir
  9. Olá Karine, eu já tinha visto esse livro em algum lugar mas não lembrava do que ele se tratava, pelos seus comentários as cronicas escritas pelo autor estão bem bacanas e cheias de sentimentos e reflexões que tornam elas bem reais *-* Adorei a dica.

    ResponderExcluir
  10. Ola Karine, que coisa mais linda! Amei as fotos e as suas palavras sobre esse livro. Não sou de ler crônicas, mas o seu carinho com o livro e as suas palavras me conquistaram de jeito.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Kah,
    Comecei a ler esse livro e percebi exatamente o que você falou: a intensidade do livro. Confesso que ainda não sei o que esperar do livro como um todo, mas estou com uma baita expectativa de amar esse livro.
    Adorei suas impressões e essas fotos maravilhosas ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Karine!
    Concordo quando fala que esse livro se vende sozinho, ele é simplesmente lindo!
    Ainda não adquiri o meu, mas tua resenha me deixou ainda mais ansiosa em conhecê-lo e ter na estante, claro.
    Parabéns pela resenha! 😘

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Ah adorei sua resenha. Já li o livro e senti também as mesmas emoções. Não sou chegada a crônicas, mas o Victor conseguiu me cativar com suas palavras. A edição é LINDA demais. Acho que é uma das mais lindas da minha estante, e foi bem caprichado pela editora. Amei <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir