Resenha: A Caminho do Altar

escrito por - segunda-feira, abril 24, 2017

Enfim chegamos ao final de mais uma série, tantas histórias foram lidas, tantos personagens nos foram apresentados que é difícil hoje chegar e falar para vocês o que achei deste livro. Confesso que li em janeiro. Isso mesmo, você não leu errado, li tem meses, mas eu simplesmente não conseguia vim até vocês e expor com palavras o que senti ao ler a última página. Pode até pensar que é drama por ter o nono livro, (do qual já li também, mas não tenho intenção de fazer resenha) mas é um gosto diferente, é uma sensação diferente ler poucas páginas de personagens que vimos crescer, amadurecer. Mas não vamos mais enrolar não é mesmo?!



Título: A Caminho do Altar

Autor(a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano de Publicação: 2016
Gênero: Romance
Nota: 3,5/5
Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.


"Mas então ele se aproximou e fora tão... ele mesmo. Gregory logo a deixara à vontade, o que, dadas as circunstâncias, era muito surpreendente." 
A Caminho do Altar conta a história do penúltimo irmão desta família nada pequena, e também de seu último solteiro o querido Gregory Bridgerton. Desde de o primeiro livro eu acompanhei o crescimento deste rapaz, que ainda era uma mera criança ainda no primeiro livro. Um personagem que não era tão mencionado até chegarmos no quinto volume da série. Então coloquei na cabeça que ele era inteiramente novidade para mim, e confesso, tenho minhas ressalvas sobre a obra final. Mas irei explicar vamos por partes.

Uma coisa que achei linda foi que ele um romântico da cabeça aos pés, mas também, viu todos os irmãos e irmãs casando por amor lógico que ele também iria querer isto para ele, sentir essa euforia, esse amor todos os dias por uma única pessoa. O mais engraçado é que ele está mais do que convencido que ele irá encontrar esse amor com um simples trocar de olhos, isso mesmo, ele irá ver a pessoa e instantaneamente saberá que é aquela pessoa. Tadinho, acho que ele deveria conhecer as verdadeiras histórias dos irmãos e o que cada um passou até ter o seu felizes para sempre. 


Do outro lado temos Lucy, uma linda menina, porém ela é ofuscada pela beleza de sua melhor amiga e confidente Hermione Granger Watson (a como esse nome me remete a outras histórias rs) sendo assim, nunca é devidamente notada. Mas de certa forma isto é reconfortante para nossa mocinha, já que ela está prometida a outro homem, um do qual ela claramente não ama, mas não está em condições de falar o que quer e não quer né?! Sabemos bem como era aquela época. Mas ela também não é tão fácil como se imagina no início. Ela é pratica, gosta de tudo no seu devido lugar, de regras, de seguir uma agenda e seu cronograma, sair dele é muito desconfortável para ela na verdade. 

É claro que nosso belíssimo Gregory vai se “apaixonar” por... não gente, não é por Lucy, na verdade ele bateu o olho na belíssima Hermione e pronto, amor à primeira vista, tendo certeza em absoluto que ela é o amor de sua vida. E não quer medir esforços para tê-la. E as outras simplesmente não existem mais para ele. Mas o que ele não contava era que Srta. Hermione já tinha alguém em seu coração e não estava nem um pouco aberta a opções, não da parte dela pelo menos. Mas Lucy sendo sua melhor amiga e a conhecendo bem, não concorda com a visão de Hermione, então decide ajudar Gregory a conquistar sua melhor amiga. 
"Gregory virou o rosto e seus olhos encontraram os dela. Por um momento, os dois ficaram imóveis e Lucy percebeu que ele a avaliava de um jeito que deveria tê-la deixado desconfortável." 
Claro que já podemos imaginar o que acontece não é mesmo? Acaba que Lucy se apaixona por Gregory, ele por sua vez percebe tarde demais que seu grande amor na verdade não é Hermione, e vários mistérios, mentiras, falcatruas e enganações ameaça a separar Gregory de seu grande e verdadeiro amor, será que nosso romântico incurável consegue? 

Bom, eu vi muitas amigas se debulhando em lágrimas com esse livro e confesso que estou até agora esperando as minhas. Não sou insensível, longe de mim, pelo amor de Deus sou a rainha dos romances de época, impossível não me sensibilizar. Só que para mim se eu for colocar em parâmetros com os outros 7 livros e sendo este o fechamento de uma série eu achei fraco. Achei tudo muito corrido e mal elaborado até. 

Eu sei que a Diva Julia tem capacidade para muito mais, porem neste eu senti que ela deixou a desejar. Ao menos para mim foi assim. Achei que teríamos mais uma dose dos outros irmãos, afinal era o encerramento. Mas não, o início eu achei enrolado e já quando desenvolveu foi tudo jogado, e corrido. Sentirei falta? Claro. Mas eu me vejo relendo outros volumes da série, este, no entanto não me vejo relendo tão cedo. Mas não se preocupem, o terceiro para mim ainda é o PIOR de todos. Eu definitivamente tenho agonia do terceiro volume. 

Posso dizer que com toda certeza que essa linda família me deu muitos momentos únicos, muitas risadas, lágrimas, suspiros, muitos sentimentos que nem todos os livros me dão, será uma família que terei para sempre comigo, e da mesma forma que ele me foi altamente recomendado eu estou aqui recomendando para todos. Leiam, venha acompanhar essa família deliciosa, se apaixonar e se encantar, eu garanto que pelo menos uma risada você vai dar (principalmente no quarto volume kkk)

Por hoje é só meus amores. 

Beijos. 



Você vai gostar de ler...

9 comentários

  1. Hey, Kah!

    Uma coisa que eu achei muito legal no livro foi essa de o Gregory ver que todos os seus irmãos e irmãs se casaram por amor e querer isso pra vida dele também. Assim ele não é um daqueles personagens que pensam que o amor é uma utopia ou apenas uma ideia romântica na cabeça de mocinhas sonhadoras. Não, ele sabe que é verdade, tem muitos exemplos disso na família e está decidido a ter isso também. Gostei muito do livro por causa disso. No entanto, o meu livro preferido da série é o do Collin. Amo! <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oiii amiga quanta foto linda menina
    Eu não sou muito chegada nas obras de romances de época, mas fico feliz que tenha gostado e trazido a obra para nós lermos no seu blog, ótima resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. hey, adorei tua resenha,
    confesso que eu nao li os outros livros e se li alguma resenha sobre eles eu nem sei, essa julia so faz romance de epoca entao qnd cita o nome dela eu fico perdida, porem pelo o que eu li na sua resenha se uma pessoa pegar esse livro para ler vai gostar provavelmente mais do que voce, ate pq n tem o peso dos outros livros, e a premissa desse realmente parece ser otima!

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!!
    Julia Quinn conquistou muitos leitores com seus romances de época, eu não gosto desse gênero,
    então nunca li e acredito não lerei nada dessa autora, mas sei que os leitores estão adorando essa série.
    Pelo visto o livro não sortiu o mesmo sentimento que em outros leitores, uma pena que o fechamento da série tenha sido fraco.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bem?
    Sempre que vejo uma resenha de um livro da Julia Quinn fico me perguntando por que ainda não li as obras. Adoro romance de época e todo mundo sempre fala muito bem. Esse volume em questão parece ser muito bom. Adoro as reviravoltas que a história dá, mostrando que a convivência acaba aproximando as pessoas.
    Achei muito engraçado a personagem se chamar Hermione Granger Watson, porque misturou o nome da personagem de Harry Potter com o sobrenome da atriz que a interpreta rsrs Adorei sua resenha!
    Beijo :*

    ResponderExcluir
  6. Oii Kah Fernandes
    Julia Quinn é uma autora muito famosa, conheci ela através dessas obras. Gosto muito de romance, seria uma série de livros que leria sim, as pessoas falam muito bem dos livros, já li várias resenhas, tanto quanto positivas quanto negativas. Que pena que sua opinião para o fechamento da série tenha sido fraco.
    Gostei muito da sua resenha
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Geeeente, como assim? Gregory faz a leitura desse livro TODO valer a pena. Vou ser suspeita, afinal esse é um dos meus favoritos, que apesar dele ser um pouco corrido, é uma das histórias mais diferentes e AMÉM longe dos outros irmãos. Gregory e Hyacinth são os mais novos né gente, esperavam o que? A família toda se derreter em cimas deles constantemente? Ainda mais naquela época. Amo demais a família Bridgertons, mas odeio essas coisas de "recursos" para fã de tal Bridgerton ler o livro porque tão irmão também aparece mais. Deixa a gente conhecer a personalidade de cada um mais aflorada no seu enredo <3 Mas ai é opinião pessoal né, então isso diverge. Não tenho ranço pelo terceiro livro, mas o 5° pra mim é o pior de todos e que nunca irei reler haha Ótima resenha apesar do constrate de opinião HAHA
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, Kah!
    Infelizmente é assim mesmo: mesmo amando uma saga, amamos alguns volumes e outros são bem mais ou menos...rs... Não sabia que seriam só 5 volumes, talvez encontre um box para finalmente ler.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  9. Oie
    são tantas resenhas de romance de época que acabo me sentindo intimada muitas vezes hahaha ainda não pude ler, a vontade é pouca mas é tanto elogio. Parabébns pela resenha, sucesso

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir