October of Horror #1 : Conto: Sick Love - Parte 1

escrito por - segunda-feira, outubro 10, 2016



O tecido já estava mudando do branco alvo do começo para um tom rosado, meus braços começavam a ficar doloridos de ter que esfregar toda aquela sujeira a cada uma hora, terminei de limpar o chão pelo que parecia ser a centésima vez e o joguei novamente no balde, a água estava turva e escura, com cheiro de ferrugem e eu não conseguia ver mais o meu reflexo nela, me contentei com a limpeza e me aconcheguei novamente ao lado dele, ele dormia serenamente, não fiz barulho para não   acorda-lo, queria ser uma boa namorada, manter tudo limpo e não interromper seu sono, precisava estar descansado para o nosso grande dia.

O dia amanhecia, um raio de sol entrava pela fresta da pequena janela, me levantei e vi que estava tudo sujo novamente mas não me preocupei com isso, fiz carinho em seu cabelo e senti a maciez que eu adorava e nesse momento ele acordou, vi que ele estava desconfortável então pensei se devia ou não deixa-lo mais a vontade.
- Ainda lembra das regras ? 
Sua cabeça balançou positivamente em resposta e eu puxei rapidamente a fita que havia na sua boca, seu grito foi alto e rápido aumenta a minha sensação de satisfação.

O coloco sentado e paro em sua frente, seus olhos apenas passam uma sensação, medo, frustração e incerteza, mas não é o que eu quero, preciso que esses olhos transmitam o mesmo que os meus, paixão. Vejo seu olhar desviar a todo momento para trás, ele ainda está pensando nela mesmo eu tendo provado o quanto eu o amo noite passada, ela acabou com o que existia entre nós, confundiu os sentimentos dele, ela não poderá continuar vivendo, mas ele uma hora irá entender isso e perceber que só irei fazer isso para o nosso bem, temos um futuro pela frente, juntos. Ele abre sua boca como que com a intenção de falar algo, mas nada sai dela.
- Você pode falar o que quiser comigo, você sabe disso - digo-lhe tentando passar confiança.
- Tudo bem - ele disse finalmente, e isso me alegrou, pois é a primeira palavra que ele diz desde que chegamos aqui. - Será que você poderia checar se ela está viva? Por favor
Olho bem para ele, ele gaguejava enquanto dizia cada palavra, ele pode ter tudo de mim, mas ainda está querendo saber se ela está bem ou não, ele não devia se preocupar com essas coisas, mas eu faço tudo para ver ele feliz. Me levanto e vou até a cama que está ao lado, os lençóis assim como o chão novamente está sujo de sangue, checo o pulso dela e o sinto fraco, mas ainda está lá, infelizmente.

- Ela está viva - digo ainda de costas para ele
- Eu não acredito, acorde-a, porque ela não está se mexendo?
- Ninguém se mexe quando está dormindo, ela só está descansando.
- Por favor, acorde-a, eu preciso ter certeza de que ela está bem de verdade.
- É isso mesmo que você quer? - digo ao virar-me para ele e ver a cabeça dele balançar em afirmação
- Está certo, irei acorda-la - abro a gaveta da pequena cômoda que está ao lado da cama e tiro de lá um martelo, lembro do meu pai usando ele quando eu era apenas uma garotinha para os concertos da casa, mas agora ele irá ser usado para algo bem melhor.
Tiro das pernas dela o lençol que a cobria, suas pernas estão amarradas e imobilizadas mas eu não sou tão cruel assim e achei que estava uma noite fria, então as cobri, a pele dela é morena e brilhante, mesmo com alguns resquícios de sangue seco nelas, olho novamente para ele e vejo que seus olhos estão mais assustados do que antes.
- Se você gritar sabe o que irá acontecer, então vamos testar se ela está viva como você queria
Coloco toda a minha força em minhas mãos e cravo a ponta do martelo no joelho dela, um uivo baixo de dor sai de sua boca e lágrimas começam a descer, ela já está fraca o suficiente para não aguentar nem lutar contra isso.
- Olhe, agora temos certeza que ela está viva, vamos testar novamente? 
Vejo a dor em seus olhos e aquilo só me motiva mais ainda, dou a volta para o outro lado da cama e cravo novamente o martelo em seu  joelho bom, ela se contorce de dor e agora vejo lágrimas descer dos olhos dele também, lágrimas que ele nunca derramou por mim, largo o martelo no chão e corro até ele.
- Ei, não chore, não chore tudo bem? - digo com os gemidos de dor dela no fundo
- EU TE ODEIO - ele grita
- Não, não, você me ama, a gente se ama lembra? - beijo sua boca mas ele me afasta
- Não, eu nunca te amei, e nada disso vai fazer eu te querer, só faz eu te repugnar mais.
 Levanto e pego novamente o martelo, ele está sujo de sangue, então o limpo em minha roupa, ele vai me amar, ele tem que me amar, dou impulso novamente no martelo e... (CONTINUA)

Você vai gostar de ler...

55 comentários

  1. Olá
    Eu adoro poder conferir tramas nesse gênero e com um ar de suspense também. O texto ficou ótimo, especialmente por conta da música também, que deu um ótimo acrescimo diante da ambientação.. Esses sentimentos conseguem ser muito reais e isso fica claro nos diálogos.
    Fico no aguardo para poder conferir mais..
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fe, realmente quis dar mais um toque de suspense com a música, a segunda parte sai já já.

      Excluir
  2. Olá
    Nossa, esse projeto de Outubro de Horror está rendendo ótimas postagens. Esse é o primeiro o conto que leio em prol do projeto, mas confesso que sou bem satisfeito com o que eu acabei de conferir. Sou muito fã de e livros nessa pegadanova e com contos não podia ser diferente. É uma pena ter um continuando final :( mas espero não perder o próximo post. Adorei a música indicada. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Manoel, que bom que gostou, achei que ficaria muito grande se deixasse inteiro,então decidi dividir em duas partes, também espero que consiga ler o final, beijos

      Excluir
  3. Gabisss, tudo bem?
    Menina eu amei esse conto, só posso dizer que essa continuação vai me matar, cheio de suspense!!! Esse mês o blog vai estar incrível *-*
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tudo sim morg
      que bom que amou linda,haha, espero que você realmente curta a continuação,tá vindo mais novidades por ai <3

      Excluir
  4. Gabis não faz isso com uma pessoa medrosa mulher! kkkkk Você conseguiu me assustar com seu conto, mas ao mesmo tempo me aguçou a ler até o final, a prova que realmente estava bem escrito, pois eu sou a pessoa mais cagona do mundo inteiro kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk menina, tu acredita que mesmo escrevendo essas coisas sou medrosa assim que nem você ? que bom que enfretou seu medo só para ler, obrigada <3

      Excluir
  5. Nossa, que tenso. Um conto de suspense, psicopata, terror... Gostei muito e já quero saber o que vai acontecer, essa maluca não está em um juízo perfeito e parece que não vai parar a até a garota estar morta ou até que ele consiga fazer algo. Uma mende doentia, com certeza. Quando vai postar a continuação? Quero ler e ver no que isso vai dar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk , realmente, e olha, eu baseei a personagem em uma pessoa real viu, então pensa kkk
      talvez saia ainda essa semana, que tal?

      Excluir
  6. Não curto este gênero, mas ouvir a musica enquanto lia algo tão fora da minha zona de conforto foi uma aventura considerável. Adorei.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, que bom, é sempre bom lermos algo novo, talvez nos mostre um novo gosto <3 e obrigada

      Excluir
  7. Nossaaaaaaaa, fiquei super tensa aqui!
    E esse final? Preciso saber o que vai acontecer!
    Essa garota é doente. Você devia enviar para aquela editora que vai publicar pontos de psicopatas, mesmo não sabendo o final, já vi que é ótimo!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, já já a parte 2 sai <3
      que legal essa editora, irei pesquisar sobra ela, obrigada pela dica.

      Excluir
  8. Olá amore,
    Ah Outubro... quanto horror reunido rsrsrs.
    Que conto mais medonho... não curto muito não... masss, parabéns você escreve muito bem ^.^

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá...
    Adorei seu conto e achei que você tem muita facilidade com as palavras e sabe muito bem entreter o leitor... Mas, terror é terror, né? Nem precisa dizer que fiquei tensa aqui rsrs...

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei seu conto e achei que você tem muita facilidade com as palavras e sabe muito bem entreter o leitor... Mas, terror é terror, né? Nem precisa dizer que fiquei tensa aqui rsrs...

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Adorei o conto.
    Que ideia legal esse projeto!!!
    Vou acompanhar os posts.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Eita,curti a historia, amor doentio,psicopata,misericordia.Coitada da garota que esta sofrendo sem culpa e ainda leva marteladas. Bora esperar por essa continuacao.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk, obrigada, coitadinha mesmo , já sai continuação <3

      Excluir
  13. Olá, tudo bem?

    Depois de Tess Gerritsen eu abandonei literatura que tenha qq traço de violência. Tess é uma médica que virou escritora e baseia suas histórias em fatos reais. Por aí dá para ter uma ideia da real crueldade humana.

    bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, que ótima dica, eu sempre via os livros dessa autora e achava as capas lindas, irei ler para quem sabe ter mais inspiração, bjs

      Excluir
  14. oie!
    Como assim continua? Eu quero ler agora kkkkk
    Nossa, adorei o conto! Fiquei bem tensa durante a leitura, e agora quero mais. Parabéns!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, não se preocupe que a continuação já já sai <3
      obrigada amore

      Excluir
  15. Olá Gabis,
    Meu deus, você me deixou com o coração na mão para saber o que vai acontecer.
    Adoro história nesse gênero e esse conto é maravilhoso. Essa questão do amor doente me agradou demais. Agora, você judiou da gente com esse final, né? Cadê a continuação?
    Voltando, sua escrita é muito boa e a forma como você escreve dando esse ar de mistério e suspense me agradou demais. A única coisa que me deixa triste é que relacionamentos assim não são tão diferentes do que temos atualmente.
    Quero ler logo a continuação.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá brunaaaaa <3
      que linda viu, já já o conto vai sair a segunda parte, não se preocupe,adoro judiar dos leitores, fiquei muito feliz por você ter gostado
      realmente os relacionamentos abusivos estão cada vez mais frequentes em nossa sociedade

      Excluir
  16. Oi, tudo bem? Enquanto lia seu conto fui ficando agoniada com as cenas descritas parabéns!!!! Preciso saber o final logo.
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Nossa to tosa tensa e adorei! Adoro ler e ver filmes de psicopatas, essa menina é psicopata e faz isso pro cara amar ela né, preciso saber mais, a música deu um toque perfeito a leitura! Parabéns e quero ler tudo viu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. psicopata demais haha, obrigada, a continuação já saiu,corre lá <3

      Excluir
  18. Legal a ideia do conto. Gostei bastante!
    Parabéns pelo texto, aguardo o restante!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  19. Oi, você leva jeito com a escrita! Parabéns, mas o conto não faz o meu estilo... Digamos que não gosto de terror, então fiquei com pena do rapaz e assustada... Mas para quem curte o gênero é uma ótima leitura, eu passo porque realmente gosto de dormir a noite sem ter medo kkk Mas parabéns, está incrível!
    Beijos
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Gostei bastante do conto, essa pegada dark com psicopatas realmente se encaixou muito bem. Sua escrita é realmente maravilhosa, não deixe de investir nisso.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  21. Olá,
    Adorei o texto e o ar de suspense existente nele.
    Transborda os sentimentos através dos diálogos e fiquei bem curiosa para saber o que vem agora!
    A música da outro toque a mais quando se escuta enquanto lê! Gostei muito.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bom?
    Curti bastante o ar carregado de suspense do conto, mas, confesso que a primeira parte do mesmo não me prendeu muito, por não fazer parte de um dos gêneros que curto. Mas, você escreve muito bem e garanto que seu conto vai ser um prato cheio para os que curtem leituras com suspense, terror... ^^ Continue escrevendo!


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  23. Textos como esse realmente não são para mim, não suporto sangue. Mas achei bem escrito, principalmente porque você conseguiu me fazer visualizar tudo, o que me deixou enjoada, rs, mas tenho certeza que quem gosta do gênero vai curtir bastante e ficar ansioso pela continuação.

    ResponderExcluir
  24. Oi, Gabi

    Menina, o que foi isso? Hahahaha
    Quando ela deu com o martelo dos joelhos da outra eu cheguei a me encolher aqui. Que mulher psicopata! E pior é que muita gente é meio maluca assim por causa de homem!
    Adorei, muito bem escrito. Agora é saber o que acontece na continuação...

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi Gabi!
    Eu adoro histórias/contos de suspense, terror, horror. É o meu gênero favorito de livros, filmes e séries.
    Achei bem interessante o seu conto. Você escreve muito bem!
    No começo achei que a protagonista era a mocinha, mas não é bem assim... Esse final - foi FODA, rsrs.
    Já estou esperando a continuação.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/10/a-traicao-do-sapato-novo-conto-1-dos.html

    ResponderExcluir
  26. Oii querida,
    Não faça isso. Meu coração estás mil, querendo saber o destino dos personagens.

    Você deixou o leitor nas escuras. Eu percebi que peguei a história da metade, então vou dar uma olhada para engender melhor.

    P.S SIMMM, CONTINUE. Eu quero ler maisss ❤

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  27. Oxxi, fiquei aqui perplexo como o povo é mal? Vou ter que esperar até a outra postagem para saber como acaba? Isso sim é um terror. Adorei a sagacidade do enredo e como tudo se desenvolve. Vou esperar o final.

    ResponderExcluir
  28. Gabis, que texto top! Eu adoro um bom suspense, quando bem trabalhado então, me faz até virar a cabeça e contorcer o rosto de aflição. Senti o martelo no meu joelho...rs. Parabéns, continue escrevendo!

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não costumo ler muitos contos, muito menos nesse estilo, sabe? Mas gostei bastante do seu, a personagem é realmente uma psicopata e só consegui pensar em como isso é real, porque vemos direto ex's que pegam a atual e maltratam, machucam, torturam e por ai vai. Enfim, parabéns pelo conto e vou tentar ler a continuação.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  30. Olá =)
    Não gosto muito de seguir contos por partes, raramente eu sigo uns,bem pouco. Mas o conto está muito bem escrito e você me deixou com coração na não para saber o final. Beijos'

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Menina, você me deixou morrendo de curiosidade, como assim? hahaha Amei seu conto, tem um pitada de terror simplesmente maravilhosa e vou com certeza acompanhar para ler a parte 2, fiquei apaixonada!
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  32. Gabis, que macabro! Primeiramente, a imagem escolhida não podia ser mais perfeita.

    Fiquei nervosa com a leitura, e angustiada com o que vai acontecer quando esse martelo descer...Ai, caramba! Quero mais!

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  33. Olá! Uau! Sensacional esse post hein, que venha os próximos e claro que tem que ter uma pegada bem sinistra para o mês do terror. Quero ler o mais rapido possivel essa continuação.

    ResponderExcluir
  34. Hello! Tudo bem?
    Seu texto ficou mto interessante, me prendeu demais.
    Adoro textos assim, com suspense, um terrorzinho, mas nada que tire meu sono hehe.
    Gostei demais do conto.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  35. Uau! Que texto, hein! Adorei a aura de suspense, e com a música para criar o clima, ficou melhor ainda. Espero poder ler a continuação. Muito bom mesmo!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  36. Aaahhhh! Adorei o conto até aqui. Super curiosa para saber o que acontece com todos e para entender melhor como cada personagem chegou até esse momento. Parabéns pelo conto, espero ler em breve a continuação.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  37. Oi Gabi!
    Que Conto é esse! Incrível a forma da escrita, capaz de assustar e arrepiar.
    Amo suspense e até funcionou. Já fico imaginando a continuação
    Parabéns pela escrita. Invista nisso. Você tem potencial.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  38. Oi, que conto é esse? Fiquei maravilhada com a escrita. É realmente de arrepiar.
    Suspense ótimo. Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir