A seleção

Resenha: A Seleção

09:00


Título: A Seleção
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 368
Ano de Publicação: 2012
Gênero: Romance/Distopia
Nota: 4,5/5
Sinopse: Para trinta e cinco garotas, A Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama, abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer e viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então, America conhece pessoalmente o príncipe e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.

Resenha: Com todo esse auê em função do último livro da série, acabei ficando com vontade de reler tudinho a fim de clarear as lembranças, pois eu li muito rápido ano passado...ô curiosidade...

Pois bem, reli! Sabe que eu cheguei a conclusão que vemos muito mais numa segunda leitura? Adoro isso....

Então vamos lá: America é uma menina de uma casta baixa, a 5! No futuro distópico criado por Kiera, as classes sociais são divididas por castas que vão de 1, que é a realeza, ao 8 que são os trabalhadores mais pobres. America que pertence a casta 5, é uma artista, como todos os de sua "classe". Ela canta e toca violino e piano, entre outros instrumentos a fim de ajudar no sustento de sua família.


Ao saber da Seleção, a menina de 17 anos nem pensa que um dia poderá sequer simpatizar com o príncipe Maxon, afinal, quem vai querer saber de um príncipe lindo, rico, poderoso e apaixonado em sua vida não é mesmo? Além do mais seu coração já pertence a outro...ela é apaixonada por Aspen, um garoto da 6, que além de lindo (poxa, claro né?) é teimoso e orgulhoso!
"Todos os seus pensamentos românticos dever ser dirigidos a ele. Se a senhorita for pega escrevendo cartas de amor no palácio ou iniciar um relacionamento amoroso com outra pessoa ali, será considerada culpada de traição e pode ser punida com a pena de morte. Minha mãe fez uma cara de tédio, embora essa fosse a única regra que me preocupava."
Então, a nossa protagonista está apaixonada e não quer nem pensar em participar da tal Seleção, mas eis que como uma boa filha e uma namorada compreensível que é acaba se inscrevendo na Seleção, afinal, com tantas meninas bonitas ela jamais seria escolhida não é??? Mas foi!!!!! E agora ela não tem mais saída a não ser cumprir o seu papel de selecionada até que o príncipe a chute dali.

Em um rompante ela acaba saindo para o pátio do palácio e lá conhece Maxon, antes das outras e ela não é nada gentil com o rapaz que só queria escolher uma dentre 35 mulheres...coisa pouca...bobagem...


Só que ele acaba gostando dela, simpatizando mesmo e ali nasce uma amizade entre eles. Ela afirma que só está lá por causa da comida e ele afirma que dela só quer amizade.
"Algo em sua voz me abalou. Não havia nenhum traço de sarcasmo. Aquilo que parecia pouco mais que um programa de TV para mim era a única chance que o príncipe tinha de ser feliz. Ele não podia pedir um segundo lote de mulheres. Bom, talvez pudesse, mas seria vergonhoso. Estava tão desesperado, tão esperançoso...Senti minha raiva por ele diminuir. Um pouco."
Eles acabam se conhecendo melhor e acabam por gostar da companhia um do outro. Ela está convencida que ali só quer mesmo comer e esquecer seu grande amor do passado, e ele, com sua amizade a ajudará. Assim os dias passam e America acaba conhecendo um lado da vida no Palácio Real que nem imaginava existir, como os ataques frequentes que o palácio sofre, por exemplo, além de claro estreitar sua amizade com algumas selecionadas, em especial Marlee com quem ela se identifica de cara.


E em meio às outras 34 selecionadas, ataques rebeldes, o príncipe e a comida...America decide que está onde quer estar....por enquanto...

Da primeira vez que li, eu tinha os livros e pelo que lembro não encontrei erros, a diagramação está ótima e eu acho a capa muito bonita, apesar de as capas da autora serem todas muito parecidas...desta vez li em ebook e digo o mesmo quanto aos erros, não os encontrei e a capa no kindle também não é lá muito feia sem a cor.

Recomendo a leitura! Para quem gosta de romance é um prato cheio, ainda mais se você gosta e tem paciência com mocinhas indecisas, eu particularmente me irrito um pouco com isso...não procure distopia, apesar de a obra estar classificada como tal, não temos grandes intimidades com o mundo fora do Palácio além do breve momento em que America vive com a família.

É claro, vamos embarcar na próxima leitura, A Elite! loguinho trago a resenha!






Você vai gostar de ler também...

9 comentários

  1. Olá,

    Eu me cativei muito por essa história e me lembro bem quando terminei esse livro, fiquei super triste porque queria logo a continuação e tive que esperar um bom tempo para conseguir saber mais a respeito da história. Fico feliz que você tenha gostado do livro, eu tenho vontade reler novamente a trilogia.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ooi! Eu não curto esse livros e as continuações. Eu não tenho paciência para triângulo amoroso e nem com mocinhas indecisas demais rsrs gostei da resenha, mesmo assim ^-^
    Beeijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu li "A Herdeira" na época do lançamento, foi meu primeiro contato com a escrita da autora e gostei, por isso estou curiosa para ler a trilogia "A Seleção", que até então não chamava muito a minha atenção.

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada por essa série, é uma das minhas preferidas! Torci muito para a America se apaixonar pelo Maxon nesse livro, o príncipe é muito fofo! ❤️

    ResponderExcluir
  5. Não releria todos esses livros porque não tenho a menor paciência com A Elite... hehe... mas concordo plenamente que sempre vemos mais numa segunda leitura, por isso tenho mania de reler... rs... Também não tenho muita paciência com mocinhas indecisas, mas preciso confessar que, no geral, amo essa série!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oie
    muito legal sua resenha, sou bem suspeita para falar pois sou bem fã da série e da autora, espero poder reler em breve terminar logo a série

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom? Realmente, para que não gosta de mocinhas indecisas, a seleção - e toda série - não é uma boa pedida! rs É muito curioso como passamos a ver a história com outros olhos com a releitura, não é mesmo?! Essa é uma série que gosto muito e assim como você, tenho vontade de ler pelo alvoroço criado com o último livro! Adorei sua resenha ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  8. Oi Denise, só de ler essa resenha fiquei com saudades. Terminei de ler 'A Coroa' no início do mês e meu coração ficou apertado. Relutei para começar essa série, tinha preconceito com essas capas, achava que não passava de pura futilidade (ainda mais com esses vestidos de princesinha), mas me surpreendi e paguei a língua.

    Vou aguardar as próximas resenhas para maiores nostalgias, kkk

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Oioi! Tudo bem?
    Ainda nao li nenhum livro da Kiera Cass e fiquei louca para conhecer toda a serie A Seleção, ainda mais agora que sairam todos.
    Adorei o modo que apresentou o livro e quero demais ler tudo.
    Capa e diagramação estao lindas mesmo, amei.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir